Wolf Among Us lança “Hollow”, single que aborda críticas diretas à sociedade moderna

“(…) Às vezes, fico obcecado com essa coisa insignificante que se chama ego. Mesmo assim, sou obrigado a preservá-lo. Estou errado em me sentir assim? Certamente você faria o mesmo, no meu lugar? Talvez estejamos todos amaldiçoados… Desde o momento em que nascemos…” – Lucatiel of Mirrah, Dark Souls 2.

“Hollow” é o mais novo single do duo Wolf Among Us, lançado pelo selo Abraxas e ilustrado por Fagner Villani.

O single dá continuidade ao novo trabalho “Lords of Cinder”, e ironicamente é o capítulo inicial da trama, antecedendo cronologicamente os singles “Burn them All” e “The Lovers”, recém lançados.

O single converge o sentido do fim ao começo, trazendo do desconforto à necessidade de mudança. Como na carta de Tarot “A Torre”, Hollow mostra a desilusão sobre o que julgávamos absoluto. Além das reflexões intrapessoais, há críticas diretas à sociedade moderna, em sua busca pelos estereótipos e arquétipos irreais, e também aos modelos religiosos autoritários, impondo condutas morais para uma suposta “salvação”.

A banda dá mais profundidade aos conceitos da música dizendo: “Hollow é sobre a morte. É sobre como nos nutrimos de coisas vazias para achar algum propósito, que no fundo sabemos não existir. É sobre desistir, sobre se entregar a derrota, admitir o fracasso. É sobre ver sua morada ruir… é sobre o fim. Mas também é sobre a vida. É sobre como renascemos das nossas desilusões e como procuramos um novo sentido. É sobre resistir, lutar e achar um sentido. É sobre levantar os tijolos… É sobre o começo. A vida está fadada à morte, mas isto não nos impede de sobreviver e tentar encontrar um sentido. Mesmo que não exista sentido algum, nos enchemos de esperança… e talvez esta seja nossa maldição.”

LEIA MAIS  Corpsegrinder, do Cannibal Corpse afirma que "ninguém bate cabeça melhor do que eu"

Hollow foi gravada no estúdio Deaf Haus, em Sorocaba, pelo engenheiro de som João Antunes, que também co-produziu o trabalho ao lado de Robin Ortiz. O novo material da banda marca sua nova fase, que trás uma música cheia de peso, intensidade e aspereza, e que mostra toda a imponência desse duo que só tem a crescer a cada lançamento.

FONTE: @collapseagency

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários