SpiritWorld: A invenção norte-americana do Death Western

Permita-nos apresentar-lhe o SpiritWorld, a autoproclamada banda de metal “death western” que acaba de lançar um videoclipe para o single “Comancheria” do álbum de estreia Pagan Rhythms.

Esta é uma faixa instantaneamente cativante que traz fortes vibrações de rock n’ roll a um som que é seriamente mais pesado e com inflexão hardcore, baseado em um ritmo de toque de estrada empoeirada ao lado de um som vocal grave.

O videoclipe ajuda a conectar os temas do oeste, dispostos como um filme mudo com cartões de título que movem a narrativa de cena em cena, onde soldados de brinquedo de plástico são pegos de surpresa por índios americanos sob a cobertura do anoitecer, estabelecendo um confronto violento no deserto que termina com um demônio do Inferno arrastando todos para as profundezas do fogo.

SpiritWorld é uma ideia do nativo de Las Vegas Stu Folsom, que descreveu suas intenções e declarou: “É sobre tentar escrever canções matadoras e criar um álbum clássico. Com Pagan Rhythms, eu comecei a destilar meu amor pelo thrash, death metal old school e o hardcore em algo novo que iria acertar como uma machadinha bem na cara. Quando comecei a contar às pessoas sobre essa ideia, tive que mesclar imagens de faroeste, ficção de terror e heavy metal em um ataque sônico total. Parecia ridículo, mas eu realmente acredito que se você fizer ótimos discos, as pessoas ficarão muito mais dispostas a aceitar sua estranheza e vir junto”.

LEIA MAIS  Impulse: Os Leões Dourados da Bulgária mostram seu Heavy Metal

Assista ao vídeo de “Comancheria” abaixo e veja a arte de Pagan Rhythms. O álbum recebeu um lançamento limitado no ano passado pela Safe Inside Records e agora está sendo relançado em 5 de novembro pela nova gravadora, a Century Media. Comentando sobre a assinatura, o vice-presidente de A&R da Century Media, Mike Gitter, disse: “SpiritWorld está construindo um mundo sônico da maneira mais ousada. É uma visão do oeste americano como um lugar ao sul do céu que é partes iguais de Slayer, Louis Lamour e Sam Peckinpah – cheio de poeira, sujeira e sangue”.

FONTE: https://loudwire.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários