Whole Lotta Love, do Led Zeppelin, foi eleita o melhor riff de guitarra de todos os tempos

O riff de introdução reconhecível de Jimmy Page para Whole Lotta Love do Led Zeppelin, a faixa de abertura do segundo álbum da banda inglesa, foi eleito o Melhor Riff de Todos os Tempos pelos leitores de Total Guitar and Guitar Wold.

Baseado em parte na versão de 1962 de Muddy Waters de You Need Love de Willie Dixon, o riff icônico de Page garantiu o título honorário no sábado, resistindo aos desafios fornecidos pelo falecido e grande Randy Rhoads, no Crazy Train de Ozzy Osbourne e Malcolm e Angus Young’s introdução breezeblock ao clássico AC/DC Back In Black.

Em sua introdução à lista, publicada na íntegra na edição de 4 de junho da Total Guitar, a equipe da revista elogia o impacto sísmico do riff de Page e, referindo-se aos pousos na lua de 1969, descreve-o como “seu próprio salto gigante para a humanidade”.

“A guitarra de Whole Lotta Love levou apenas 2,7 segundos para tocar, mas imediatamente projetou a música em outra década. Enquanto todo mundo ainda tocava nos anos 60, o Zeppelin agora tocava nos anos 70. Não foi o primeiro grande riff, mas é o que define”, continua a revista. “É por isso que os riffs se tornaram fundamentais para a música de guitarra, a razão pela qual as bandas procuram o gancho de guitarra que pode impulsionar uma música inteira – ou mesmo um toda a carreira”.

LEIA MAIS  Os Roucos lançam videoclipe de novo single, "Movimento Contínuo"

O restante das 10 primeiras entradas na lista da Total Guitar são Smoke on the Water do Deep Purple em quarto, Ain’t Talkin’ ‘Bout Love do Van Halen em quinto, Enter Sandman do Metallica em sexto, Iron Man do Black Sabbath em sétimo, Walk, do Pantera em oitavo, La Grange de ZZ Top em nono, e Purple Haze de Jimi Hendrix em décimo.

FONTE: https://www.loudersound.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários