Vinil vende mais que CDs pela primeira vez desde os anos 1980

Eles dizem que a história se repete, e isso certamente se aplica às tendências musicais. Os discos de vinil superaram oficialmente os CDs pela primeira vez desde os anos 1980, de acordo com o relatório de meados do ano da RIAA para 2020.

Curiosamente, os discos de vinil na verdade representavam mais da metade de todas as vendas físicas de música. Dos US$376 milhões em receitas físicas, 62% foram em vinil, tornando-o a principal fonte de audição tangível pela primeira vez em mais de três décadas.

As vendas de vinil cresceram no primeiro trimestre, mas recuaram no segundo trimestre, o que pode ser correlacionado ao impacto do COVID-19 e ao fechamento de lojas de varejo. No geral, houve um aumento de 4% nas vendas do formato. O streaming, por outro lado, teve um aumento de 12% durante o primeiro semestre do ano.

A Billboard observou que o dia da loja de discos de 2020 em agosto também resultou em um aumento nas vendas de vinil nos EUA, portanto, fique atento às estatísticas de fim de ano para ver como o segundo semestre de 2020 se compara ao primeiro. A parada de álbuns do Tastemakers lista S & M2 do Metallica como o quarto álbum de vinil mais vendido em lojas independentes e de pequenas redes. O Record Store Day também continuará em 26 de setembro e 24 de outubro.

LEIA MAIS  Assista o "gato in the box" ao som de Alice In Chains

As tendências antigas voltando para os tempos modernos são legais e tudo, mas pedimos que não tragamos de volta as calças de spandex neon também.

FONTE: https://loudwire.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários