Tributo ao Nirvana transforma as músicas de Cobain em faixas de Dance

Um álbum duplo com canções do Nirvana ressurgem como faixas pulsantes de música eletrônica no novo álbum de covers Come as You Are: Nirvana Reimagined as House & Techno.

O tributo do eletro coletivo TECHROW chegou em 1º de outubro. E no espírito da defesa dos direitos gays pelo falecido líder da banda do Nirvana Kurt Cobain, ele ajudará a apoiar a comunidade LGBTQIA+, com uma parte dos lucros indo para GLAAD e outras iniciativas de divulgação.

Produzido pelos músicos eletrônicos Jonathan Hay e Cain McKnight, as 27 faixas do álbum homenageiam os 27 anos desde a morte de Cobain, bem como os 27 anos em que ele estava vivo.

O esforço traz participações de outros artistas com mentalidade de EDM, como JPatt, 41X, Sara Cooper, dos Knocks, Maurice Brown (Anderson .Paak) e Chip E. (Frankie Knuckles), além dos roqueiros Scott Page (Pink Floyd) e John Norwood Fisher (Fishbone).

A versão do tributo de “Something in the Way” surgiu pela primeira vez em abril por meio da The Advocate, a revista de interesse LGBT que uma vez entrevistou Cobain. A versão Reimagined da faixa Nevermind traz contribuições da ativista transgênero Daniella Carter. Carter disse: “Neste tempo sem precedentes com tantos legisladores estaduais apresentando projetos de lei anti-trans, é mais importante do que nunca que tenhamos aliados que falam como Kurt Cobain: ‘Se você é sexista, racista, homófobo ou basicamente um idiota, não compre este CD. Eu não me importo se você gosta de mim, eu te odeio'”.

LEIA MAIS  Impulse: Os Leões Dourados da Bulgária mostram seu Heavy Metal

Hay comentou que Cobain “era um defensor do LGBTQ+ quando não era politicamente correto ser assim. Ele é sobre amor e positividade, que é a essência da house music. Então, simplesmente fez sentido para nós”.

Na semana passada, um vídeo de Reimagined “Come as You Are” apareceu online na mesma época em que o álbum tributo foi lançado. “Quando você mergulha nisso, você pode dizer que a banda era tão unida”, acrescentou Hay sobre o Nirvana. “Você pode sentir os valores fundamentais que ele tinha. Quanto mais fundo [você cava], você vê suas mensagens e crenças e tudo mais. Acho que será legal trazer as pessoas a essa consciência”.

;

FONTE: https://loudwire.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários