Tiffany, a sensação pop dos anos 80, retorna e está “mais punk” do que antes

Há uma longa lista de músicos que mudaram seu som da música pop para o rock – do Ministry para Myrkur – mas a adição mais recente à lista pode ser uma surpresa.

Tiffany, cujo sucesso de 1987, ‘I Think We’re Alone Now’, já acumulou quase 80 milhões de hits no Spotify, vem lentamente ampliando seu som.

O álbum ‘Rose Tattoo’, de 2011, viu a cantora ir para o country, enquanto ‘A Million Miles’, de 2016 e ‘Pieces Of Me’, de 2018, mantiveram seus instintos de música pop intactos, mas adotaram uma abordagem mais agressiva aos sons. A faixa-título deste último e ‘Feels Like A Storm’ foram o tipo de performances agitadas pelo vento que deram uma carreira a Stevie Nicks.

No ano passado, chegou a nova versão de ‘I Think We’re Alone Now’, com uma vantagem um pouco mais robusta que a original, mas em 2020 a Tiffany está ameaçando ir além: entre os músicos apresentados em seu próximo álbum, ‘Shadows’, estão os membros do LA Guns, Tracii Guns, Scot Coogan, Johnny Martin e Ace Von Johnson.

“Eu queria mostrar aos meus fãs e críticos que minha jornada para Shadows era uma inspiração contínua de Pieces Of Me, mas mais difícil e punk”, diz Tiffany. “Esta é uma ponte para o meu lado mais pesado, para não chocar meus fãs”.

LEIA MAIS  The Black Punks lança "Passageiros da Agonia", EP reitera a ideologia militante da banda

Mas primeiro, Tiffany criou um EP acústico, Pieces Of Me Unplugged. Ele apresenta quatro faixas: King of Lies, Starting Over, Worlds Apart e You’re Everything (Versão Demo), uma versão inicial de uma faixa do novo álbum. Você pode ouvir King Of Lies abaixo.

“Esta é uma música de rock mais pesada que eu gosto de tocar com uma banda completa”, diz Tiffany. “Trata-se de desgosto, traição e quando alguém o decepciona repetidamente. Todos conhecemos alguém que fez isso. Todos sentimos a picada e a dor quando percebemos que uma pessoa que amamos levou tudo de nós até as profundezas de nossa alma. Você acorda um dia e vê que tudo era mentira e perda de tempo. Que eles são o rei das mentiras [King of Lies]”.

FONTE: https://www.loudersound.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários