The Mist lança novo single, “Over My Dead Body”

O The Mist, que retornou com o single “My Inner Monster”, apresenta “Over My Dead Body”, a segunda amostra do novo EP, “The Circle of the Crow”, o primeiro registro após de 25 anos.

Vladimir Korg (vocal), Edu Megale (guitarra) e Wesley Ribeiro (baixo) gravaram o material no estúdio Maçonaria do Áudio, tendo Alan Wallace (Eminence) como produtor e Riccardo Linassi na bateria.

“‘Over My Dead Body’ vem da expressão ‘só sobre o meu cadáver’ e fala sobre as angústias que a gente passa e quando chegamos no limite. São as coisas que derrubam e nos esvaziam por dentro. Uso principalmente uma alegoria sobre a alma ser uma cidade ou um navio fantasma, e você, a menos que dê um basta e tente viver, também se tornar um fantasma. O refrão aborda justamente isso – dar um basta e falar: ‘Só sobre o meu cadáver que isso vai acontecer'”, detalhou o vocalista Vladimir Korg.

“Caso não faça isso, vai acabar ouvindo passos sobre a sua sepultura. Tem muito aquela aquela história do morto ouvindo passos em cima de sua sepultura, que seriam justamente esses ‘fantasmas’ que, em analogia, é a angústia que a gente sempre está lidando e que, de vez em quando, falamos: ‘Não aguento mais’. Você precisa botar um fim nisso e falar que certas coisas agora ‘só sobre o meu cadáver’. Veja, esse cansaço existencial é mais evidente na contemporaneidade, pois temos muita informação, vemos muitos casos de depressão e muita gente triste, principalmente nesse período que estamos passando e com muita gente morrendo”, acrescentou.

“The Circle of the Crow”, marcado para sair oficialmente em 5 de janeiro de 2022, contará com as faixas “My Inner Monster”, “Over my Dead Body”, “The Blackmail of God” e “The Tempest”. Segundo Korg, o EP servirá como uma passagem para a composição do novo álbum full.

O produtor e músico Alan Wallace comentou sobre trabalhar com o The Mist e o novo single. “Eu acredito que esta é uma das melhores músicas do EP! ‘Over My Dead Body’ mostra essa nova fase do The Mist, que está renascendo das cinzas. Foi uma honra fazer a produção do novo trabalho da banda. Por sinal, o meu primeiro show como músico foi uma abertura para o The Mist em 1990, em Belo Horizonte. Eu nunca iria imaginar que poderia contribuir com eles de alguma forma”, concluiu.

LEIA MAIS  Extreme Sound Records Online Festival chega a sua 4° edição

– História:

Surgido em 1988 pelos remanescentes da banda Mayhem e contando com o ex-Chakal, Vladimir Korg, o The Mist estreou no ano seguinte com o álbum “Phantasmagoria”, ganhando notoriedade por apostar em um som baseado no thrash metal convencional com o heavy metal.

Em 1991, o agora quarteto gravou o considerado clássico da banda, o conceitual “The Hangman Tree”, que marcou a estreia do guitarrista Jairo Guedz (atual The Troops of Doom e ex-Sepultura) e revelou Cello Dias como um compositor diferenciado. A aposta em climas soturnos e letras alegóricas e poéticas, flertando com o cinema e clássicos da literatura, como O Mágico de Oz e Peter Pan e a Terra do Nunca, se mostrou acertada.

Com uma nova alteração na formação, após a saída de Vladimir Korg, a banda mineira experimentou no metal industrial com “…Ashes to Ashes, Dust to Dust…” (EP, 1993). À época, o The Mist realizou alguns shows como trio, tendo Cello Dias no baixo e vocal, Jairo Guedz na guitarra e Chris Salles na bateria. Porém, para o álbum “Gottverlassen” (1995) foi recrutado Cassiano Gobbet, que entrou no posto de Cello Dias, que saiu para se juntar ao Soulfly, de Max Cavalera.

Além disso, ocorreu a entrada do guitarrista Fabio Audrey para alguns shows. A banda, então, decidiu encerar as atividades e retornou em 2018, quando Vladimir Korg reativou o The Mist com Chris Sallles e Jairo Guedz na guitarra. Wesley Ribeiro, baixista do Hellspunch, se juntou para a “The Scarecrow Tour”, que trouxe os clássicos da banda no repertório dos shows. Apesar de realizar uma excursão bem sucedida, a banda perdeu Jairo Guedz, que criou o The Troops of Doom em 2020, e Chris Salles, que saiu por motivos particulares.

Contatos:
Plataformas de streaming: https://linktr.ee/themistband
Instagram: www.instagram.com/themistband
E-mail: [email protected]

FONTE: ASE Press

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários