TARJA TURUNEN – Fundição Progresso, RJ (13/03/2011)

A cantora finlandesa deu um show de alto astral e simpatia, domingo (13/03) na Fundição Progresso. A matadora performance de Tarja deixou boquiaberto os espectadores que a aguardavam ansiosamente pelo seu segundo retorno ao Rio de Janeiro. A turnê “What Lies Benneath” trouxe tudo de diferente que uma banda de Heavy Metal poderia mostrar para o público. Ou melhor, dizendo, um cenário bem inovador do habitual que os fãs do metal estão acostumados a assistir. Só para os leitores terem uma idéia, a bateria estava do lado direito do palco, o teclado estava no meio e o mais exótico e diferente, ao invés do contra-baixo, um violoncelo. O violoncelista Max Lilja chamou bastante a atenção ao tocar o seu violoncelo em quanto batia a cabeça em uma performance bem Heavy Metal sem perder a classe. O baterista não ficou de fora e com um solo destruidor e monstruoso mostrou que ainda vale a pena presenciar um digno solo de bateria.

A apresentação da finlandesa foi toda concentrada nas músicas do novo álbum (lançado em 2010), o que deixou muitos fãs satisfeitos, mas as surpresas ainda estavam por vir. Com o português afiadíssimo Turunen se comunicou muito bem com o público, porém ainda existia algumas cartas na manga. De repente no meio do show para delírio da galera a cantora detona “End Of All Hope” um grande sucesso de sua ex-banda Nightwish, e cá para nós parece que Tarja Turunen não está sentindo nem um pouquinho falta de cantar junto com os seus ex-colegas de banda.

A parte acústica do show não deixou por menos e deu uma acalmada na platéia. Entre aspas, porque ao sentar no piano e mostrar que também sabe tocar, a anfitriã do concerto arrancou aplausos e muita emoção de quem assistia.

E finalmente, o bis que fechou com chave de ouro a apresentação visceral da Dama do Metal que vai ficar guardada na lembrança de quem estava lá e viu uma das figuras mais simpáticas do rock mostrando que, mulher também sabe fazer Heavy Metal e pode fazer muito bem isso sozinha. Toda de branco (dentre as quatro trocas de roupa da cantora) Tarja Turunen deixou gostinho de quero mais e disse em alto e bom som, e em português “sentirei muita falta de vocês”. E com certeza os fãs também vão sentir muito.

Set list:

1- Dark Star
2- My Little Phoenix
3- I Feel Immortal
4- In For A Kill
5- Falling Awake
6- I Walk Alone
7- Solo de bateria + Jam da banda
8- Little lies
9- Underneath
10- End of All Hope
11- Higher Than Hope/We Are/Minor Heaven/Archives of Lost Dreams (set acústico)
12- Ciaran’s Well
13- Crimson Deep

Bis

14- Where Were You Last Night/Heaven is a Place on Earth/Living on a Prayer
15- Die Alive
16- Until My Last Breath

Texto: Milena Calado
Fotos: Marília Barilari

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários