STITCHED UP HEART: Estreia do vídeo ‘Warrior’

O videoclipe oficial do STITCHED UP HEART para a música “Warrior”, dirigido por Ron Thunderwood e a vocalista do STITCHED UP HEART, Alecia “Mixi” Demner, pode ser visto abaixo. A faixa é retirada do próximo álbum de estúdio da banda, “Darkness”, que será lançado em 13 de março via Another Century.

“Estou realmente empolgada com este vídeo porque consegui criar quase toda a visão criativa para ele”, disse Demner. “Do guarda-roupa, maquiagem e cinematografia. Queríamos uma estética visual semelhante ao filme 300. O diretor, Ron Underwood, foi além de todas as idéias que eu tive e transformou-as em mais do que eu sempre sonhei! Estou muito feliz com o resultado final”.

“Darkness” contará com faixas lançadas anteriormente, como “Lost” (com participação de Sully Erna do GODSMACK), “Bones”, “Darkness”, “Warrior”, “Problems”, “Crooked Halo”, “Dead Roses” e “This Skin”. O próximo álbum completo foi produzido pelo cantor/guitarrista do FROM FIRST TO LAST, Matt Good (produtor de ASKING ALEXANDRIA e HOLLYWOOD UNDEAD).

Os fãs podem pegar “Darkness” em CD e vinil, juntamente com pacotes de mercadorias exclusivamente na CenturyMedia.store, incluindo uma camiseta “Darkness”, capuz com capuz de logotipo, gorro de logotipo e pôsteres litográficos “Darkness” assinados (limitado a 200).

Demner contou ao Live Metal sobre a decisão do STITCHED UP HEART de lançar uma nova música a cada poucas semanas até que “Darkness” chegasse: “Do jeito que a música é hoje em dia, você dá às pessoas um álbum e elas tocam esse álbum por um mês e depois que terminam, passam para a próxima qualquer coisa de nova, então se você der o álbum inteiro, gastará 30, 60, 100 mil – por mais que o produtor seja, por mais que todos negociem o preço, blá, blá, blá, custa muito dinheiro. Você dá a eles tudo o que tem e fica tipo: ‘Tudo bem, mas não tenho nada de novo há um tempo’. Eu imaginei – e os poderes trouxeram isso à minha atenção – vamos fazer uma música de cada vez e ver o que acontece e manter as coisas indo e avançando”.

LEIA MAIS  Child o’ Flames participa da eleição de melhores do ano da Roadie Crew

Ela continuou: “Poucas bandas de rock realmente tentaram isso. Acredito que a música começará a entrar nisso, onde as pessoas lançam segmentos menores ou apenas uma música de cada vez, porque é a maneira como a atenção das pessoas é. Você dá às pessoas um álbum todo e pronto, tá terminado. Agora, ainda temos um álbum inteiro pela frente. Se já o tivéssemos lançado, vocês já o teriam e é isso. Mas isso também é legal porque separa todas as músicas que lançamos. Todos recebem seu próprio vídeo, em vez da música do álbum que todos esquecem. Todos têm seu próprio momento”.

FONTE: https://www.blabbermouth.net/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários