Soundgarden rebate viúva de Chris Cornell por tributo de show

Os membros sobreviventes do Soundgarden entraram com uma ação contra a viúva de Chris Cornell, Vicky Cornell e a propriedade de Chris Cornell, por sua participação em um concerto em homenagem ao roqueiro de 2019.

De acordo com a Rolling Stone, a ação judicial apresentada quarta-feira em um tribunal distrital de Miami nos EUA acusa Vicky de “indução fraudulenta” por supostamente usar receita destinada a ser levantada para fins de caridade “para fins pessoais para si e sua família”, depois de afirmar que a banda assinou um “acordo verbal” com ela para se apresentar gratuitamente durante o concerto “I Am the Highway: A Tribute to Chris Cornell” em Los Angeles em 16 de janeiro de 2019, com a intenção de que os fundos beneficiem a Fundação Chris e Vicky Cornell.

LEIA MAIS  Hard Point lança EP de estreia com influências do stoner rock ao metal alternativo

Os membros sobreviventes da banda – que não tocavam juntos como Soundgarden desde o suicídio de Cornell em 2017 até o concerto beneficente, que o processo afirma “acredita-se ter levantado muitos milhões de dólares” – alegam os “destinatários da receita” do tributo o programa de benefícios “não foi identificado” e está buscando “danos compensatórios e gerais em um montante a ser comprovado no julgamento”, enquanto afirma que o Soundgarden “sofreu danos” e “danos à reputação” como resultado das supostas ações de Vicky.

FONTE: https://www.antimusic.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários