Smashing Pumpkins viraram inexplicavelmente synth pop dos anos 80

Smashing Pumpkins lançou dois novos singles chamados ‘Cyr’ e ‘The Color Of Love’.

Billy Corgan sempre foi capaz de surpreender os espectadores com as decisões musicais inexploradas que está disposto a tomar, tanto com sua banda quanto com sua carreira solo. Não há dois álbuns do Pumpkins com o mesmo som, isso é verdade. Ainda assim, a direção tomada com esses dois novos singles pode surpreender até os fãs mais endurecidos.

Corgan não escondeu sua apreciação pelas bandas que saíram da Grã-Bretanha nos anos 80, entre elas New Order e Depeche Mode, e o primeiro single Cyr percebe totalmente essa afeição. Existem sintetizadores – muitos sintetizadores – uma faixa de bateria forte e vocais de apoio sedosos. Imagine Corgan liderando o Depeche Mode no seu mais pop, atuando em uma nave espacial no final dos anos 80 e você está quase lá. É de alguma forma futurista e retrospectivo ao mesmo tempo. Funciona? Na verdade não.

“Cyr é uma loucura distópica”, diz Corgan sobre a música. “Uma alma contra o tipo de coisa do mundo, em um cenário de lealdades inconstantes e tempo acelerado. Para mim, é tanto esperançoso quanto desdenhoso do que é ou não possível com a fé”.

LEIA MAIS  Gibson compra a gigante dos amplificadores Mesa/Boogie

Cyr vem completo com vídeo distópico descrito como “um sonho de febre gótica de emoção reprimida – um lançamento visual artístico tentando criar uma fuga momentânea da nuvem negra emocional que paira sobre todos nós este ano”, pela diretora Linda Strawberry. A banda também anunciou que um novo álbum duplo ainda sem título será lançado, com mais detalhes a serem lançados no devido tempo.


FONTE: https://www.loudersound.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários