SMASHING PUMPKINS lançará novo álbum duplo este ano

Billy Corgan, vocalista do SMASHING PUMPKINS, falou com Tennessean sobre o próximo álbum de estúdio da banda, que está atualmente sendo gravado em Nashville para um lançamento no final de 2020. O novo disco será o seguimento de “Shiny And Oh So Bright, Vol. 1 / LP de 2018: No Past. No Future. No Sun”, que foi o primeiro da SMASHING PUMPKINS em mais de 18 anos a apresentar os membros fundadores Corgan, Jimmy Chamberlin e James Iha, juntamente com o guitarrista de longa data Jeff Schroeder.

Falando sobre como ele está se aproximando do novo álbum do SMASHING PUMPKINS, Corgan disse: “Quando voltamos com James, fomos com Rick Rubin e fizemos oito músicas. Foi lançado como um álbum formal, mas eu disse naquele tempo – e eu quis dizer isso – aos meus olhos, não era um álbum. Nós não nos aproximamos como nos aproximamos de todos os outros álbuns que já fizemos, o que é mais como fazer um filme”.

“De muitas maneiras, este é o primeiro álbum real [desde a reunião] em que nos agachamos e fizemos um clássico: ‘Vamos jogar tudo na parede e ver o que acontece’, típico álbum dos PUMPKINS. Eu tenho trabalhado por mais de um ano, atualmente tem 21 músicas e vamos lançá-lo como um duplo este ano.

“Este é o primeiro desde o álbum lançado em 2000, ‘Machina’, onde eu, James e Jimmy trabalhamos em algo por muito tempo. Ele tem uma base conceitual maior e provavelmente é uma faixa mais ampla da música. O último foi tipo, ‘Vamos pular, gravar algumas coisas bem rápido e deixar as coisas como estão’… então estou empolgado com isso, porque estamos de volta à pista de arriscar e tentar trazer algo novo para a mesa, em vez de simplesmente imitar o que somos conhecidos”.

LEIA MAIS  Virtvs lança clipe de "O Circo", uma crítica direta ao atual cenário político do país

Quando perguntado por que os PUMPKINS estão gravando o novo LP em Nashville, ele explicou: “É um monte de coisas. Certamente Nashville oferece estúdios que ainda funcionam como estúdios à moda antiga, o que eu prefiro. Obviamente, há muitos músicos aqui. Você pode trabalhar e as pessoas com quem trabalho moram aqui. Além disso, o escritório da NWA, minha empresa de luta livre, está fora de Nashville, então estou aqui de qualquer maneira apenas para negócios de luta livre. E eu gosto disso. E surpreende que seja uma das cidades em rápido crescimento na América e certamente tenha uma grande história – nada que você não saiba, mas para mim, como um Chicagoan que vinha aqui no início dos anos 90, quando havia ervas daninhas rolando [Broadway], é ótimo ver a cidade ser revivida e totalmente pegando fogo”.

A turnê de 2018 da PUMPKINS, “Shiny And Oh So Bright Bright”, vendeu mais de 300.000 ingressos na América do Norte e os viu tocando em shows esgotados em locais como o Fórum, United Center e Madison Square Garden. A turnê foi a primeira da banda em quase duas décadas a apresentar Corgan, Chamberlin e Iha, ao lado de Schroeder, o baixista Jack Bates e a tecladista Katie Cole.

FONTE: https://www.blabbermouth.net/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários