SEETHER – Holding Onto Strings Better Left to Fray, 2011

Finding beauty in negative spaces (2007), último álbum da banda sul-africana Seether, foi lançado após uma série de problemas pessoais para Shaun Morgan (vocal, fundador e atual membro mais antigo), como a luta contra as drogas e bebidas, o término de seu relacionamento com a cantora Amy Lee (Evanescence) e a morte de seu irmão, Eugene Welgemoed. Essa semana, a banda está lançando o seu sucessor, Holding Onto Strings Better Left to Fray, sétimo da carreira e um pouco menos diversificado.

É um álbum que já à primeira audição é muito bom. Seu abre-alas, “For cue”, representa isso muito bem. Harmonia entre a banda, boa batida, e o excelente vocal, ora normal, ora rouco de Shaun dispensam comentários. Em compensação, as próximas, “No resolution” e “Here and now” não me animaram. Ao menos “No resolution” também é pesada, no mesmo nível de sua antecessora, mas não tem impacto. “Here and now” nem isso. E ambas são repetitivas.

Holding… volta a ficar interessante em “Country song” (1º single lançado, já com vídeo-clip). A batida country, misturada ao refrão pesado (em grande parte graças a Shaun chamando para si a responsabilidade) realmente funcionou. Excelente faixa, embora (acho) não tenha sido das melhores idéias sua escolha como single, diferente da sombria “Roses”, 2ª faixa divulgada, excelente no refrão e no solo.

“Master of disaster” é uma faixa híbrida. Introdução lenta (muito boa, por sinal), com estrofes crescendo e explosão no refrão. Outra das faixas que eu deixo como destaque, assim como a logo em seguida, “Tonight”. Pesada, legal, embora sem grande evolução. Meio mais do mesmo, mas vale a audição. Muito boa sua parte final!

LEIA MAIS  PHIL CAMPBELL AND THE BASTARD SONS - We're The Bastards

Finding… foi um álbum com um diferencial inusitado: não tinha baladas (a julgar que uma das mais conhecidas do Seether é justamente uma do gênero, “Broken”, que Shaun canta com sua ex, Amy Lee). No Holding… isso foi consertado, e “Pass slowly” é a faixa que melhor representa a gênero por aqui. Linda canção.

O álbum volta a ficar mais do mesmo em “Fade out” e “Down”, cujas batidas não me animaram. Mas são músicas pesadas, eu que não gostei, rs! Diferente de “Desire for need”, que só pela introdução já valeria. Mas a combinação estrofe crescente – refrão explosivo dão muito destaque para essa faixa aqui. Outra onde o vocal de Shaun se sobresai. O encerramento “Forsaken” é outra híbrida. Introdução lenta/pesada, estrofe lenta e refrão pesado. Destaque para para o solo também. Fecha muito bem o Holding on to strings better left to fray, não compromete.

Álbum muito bom, mas não excelente. A banda seguirá agora em turnê americana de divulgação do álbum.

Formação atual: Shaun Morgan – Dale Stewart – John Humphrey

Autor: Victor “Montanha” Vieira

DEIXE SEU COMENTÁRIO: