Santana está no estúdio para o aniversário de ‘Abraxas’

O 50º aniversário do segundo álbum de Santana, “Abraxas”, está sendo comemorado pelo programa de rádio sindicado In The Studio With Redbeard.

O apresentador do programa, Redbeard, disse: Em mais de 1600 episódios documentais que abrangem mais de trinta anos, posso honestamente dizer que nunca apresentamos um álbum mais influente, importante e essencial do que o segundo álbum de Santana, Abraxas, lançado em outubro de 1970.

“Contendo o contagiante ‘Oye Como Va’, o pesado órgão de rock de Gregg Rolie ‘Hope You’re Feeling Better’, a linda guitarra instrumental ‘Samba Pa Ti’ e o clássico cover do falecido Peter Green / Fleetwood Mac blues ‘Black Magic Woman’, Abraxas evoca o jazz afro-cubano místico e a música soul Tejano eletrificada pela guitarra escaldante do imigrante mexicano Carlos Santana. Em termos simples, esta é a Pedra de Roseta da World Music. Carlos e Gregg se juntam ao baterista Michael Shrieve para o quinquagésimo aniversário no estúdio.

“Quando um jovem Carlos Santana foi reconhecido pela primeira vez como possuidor de um talento notável para tocar guitarra, ele era um imigrante mexicano que trabalhava como lavador de pratos em um restaurante Tick Tock da área da baía de São Francisco, um começo humilde que ele compartilha em minha entrevista de rock clássico no In The Estúdio para Abraxas de outubro de 1970.

LEIA MAIS  Escute "Não temos tempo para ficar perplexos", o novo disco da banda Ultra Super

“Apenas o segundo lançamento de Santana, este álbum icônico está classificado em #203 no Top 500 dos Álbuns de Todos os Tempos da Rolling Stone (a estreia Santana está ainda mais alta, em #149). O salto na maturação e sofisticação da produção em Abraxas, em comparação com o seu primeiro álbum é impressionante. Em 1970, nada mais soava como ele e quase nada parecido desde então integrou com tanto sucesso rock, blues, jazz e música latina. Nesta entrevista de rock clássico, Carlos Santana me diz: ‘Desde que eu cruzei a fronteira, minha vida tem sido como a Disney Land'”.

FONTE: https://www.antimusic.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários