Roqueiros choram a morte do baterista Reed Mullin, do Corrosion of Conformity

Após a notícia de que o baterista original do Corrosion of Conformity, Reed Mullin, morreu aos 53 anos de idade, o mundo da música reagiu à surpreendente morte do músico.

Robb Flynn, do Machine Head, Charlie Benante, do Anthrax, Michael Amott, do Arch Enemy, Faith No More e muitos outros contribuíram com suas lembranças do baterista, como pessoa e o que amavam na sua música.

Mullin fazia parte da formação original do grupo, servindo com a banda de 1982 a 2001. Ele retornaria ao grupo em 2010 e tocou em nove álbuns de estúdio com Corrosion of Conformity, sendo o último No Cross No Crown, de 2018. Esse álbum contaria com a formação clássica da banda de Pepper Keenan, Woody Weatherman, Mike Dean e Mullin intactos pela primeira vez desde 2000.

LEIA MAIS  Duo londrino de rock eletrônico, Prïnceps, está de volta com lançamento do novo single

Em 2016, Mullin sofreu uma convulsão depois de consumir grandes quantidades de álcool. Mullin foi demitido da turnê do C.O.C, com Mike Dean escrevendo: “Não permitiremos que Reed continue se matando sob nossa vigilância. Novamente pedimos a todos por orações por Reed e compreensão de nossa situação. Tudo de bom para todos e Reed, obtenha ajuda”.

FONTE: https://loudwire.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários