Ronnie Romero, do Rainbow, diz estar cansado desse sujo mundo da música

O cantor do Rainbow, Ronnie Romero, criticou a natureza obstinada do mundo da música, dizendo que “muitas pessoas” na indústria estão “além do bem e do mal”.

Romero, que é originalmente do Chile, mas agora está estabelecido em Madrid, Espanha, fez sua avaliação contundente do mercado musical enquanto compartilhava uma mensagem de Natal por meio de sua página oficial do artista no Facebook.

O homem de 39 anos, escreveu: “Estou MUITO cansado deste mundo sujo da ‘música’. Todos pensam que têm o direito de dizer o que fazer ou como fazer. Todos pensam que têm o direito de julgá-lo. Ninguém é educado o suficiente para ser educado ou pelo menos falar com você como uma ‘pessoa’. Todos querem um pedaço do seu bolo e de GRAÇA, porque se você disser o seu preço, eles se ofenderão. Todos acham que você deve beijar as mãos deles, porque eles ‘te dão uma chance’. Ninguém liga para seus sentimentos, seus pensamentos, seus sonhos, seus planos… e então quando você não concorda com eles você é um idiota… Tudo é tão injusto, mas você mesmo precisa sorrir o tempo todo, porque o show deve continuar. Todos vão te culpar de qualquer maneira, do sofá ou do trono de ouro… Muita gente está além do bem e do mal… Eu adoraria contar todas as minhas experiências nos últimos 5 anos no negócio… Alguns de vocês ficariam muito surpresos… De qualquer forma, o show deve continuar. Feliz Natal”.

Romero fez sua estreia ao vivo com o Rainbow em junho de 2016, após ser selecionado para liderar a versão mais recente da banda que o guitarrista Ritchie Blackmore havia formado após sair do Deep Purple.

LEIA MAIS  Arion: banda lança novo videoclipe "Out Of My Life"

Romero disse à Metal Shock Finland sobre suas apresentações no Rainbow: “Eu me sinto muito bem com meu trabalho, porque tentei fazer justiça, não apenas às músicas, mas a todos esses cantores – Ronnie James Dio, Joe Lynn Turner, Graham Bonnet, Ian Gillan e David Coverdale. Eu apenas tentei cantar as músicas do meu jeito e meu próprio estilo, e acho que as pessoas apreciam isso. Não sou apenas uma cópia dos outros cantores. Prefiro cantar como Ronnie Romero cantando esses músicas de Ronnie James Dio e David Coverdale e outros. E acho que as pessoas preferem isso e realmente apreciam a situação, porque acho que as pessoas não gostam de ver um cara ou pagam uma passagem para ver um cara tentar cantar como Ronnie James Dio. Não é uma boa ideia. Então me sinto muito bem com meu trabalho e conheço as pessoas e os fãs que me enviaram mensagens e me disseram que realmente apreciaram [como interpretei as músicas]”.

Além do Rainbow, Romero também é membro do Lords of Black, The Ferrymen e Vandenberg.

FONTE: https://www.blabbermouth.net/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários