Robert Smith disse que o The Cure gravou dois novos álbuns

Robert Smith revelou que dois novos álbuns do The Cure foram gravados.

Smith fez os comentários durante uma entrevista com Zane Lowe no Apple Music 1, onde ele foi entrevistado ao lado de Chvrches sobre sua nova colaboração, How Not To Drown, que foi lançada ontem.

“Provavelmente em cerca de seis semanas serei capaz de dizer quando tudo será lançado e o que faremos no próximo ano e tudo mais”, disse Smith. “Então, nós estávamos fazendo dois álbuns e um deles é muito, muito triste e sombrio e o outro não. E ambos estão muito perto de serem feitos. Eu só tenho que decidir quem vai mixá-los. Isso é realmente tudo que eu ainda tenho que fazer”.

Na entrevista, Chvrches revela como surgiu a colaboração com Smith. “Era uma música que já estávamos escrevendo para o álbum”, disse a cantora Lauren Mayberry, “e nosso empresário estava tecnicamente farejando se o The Cure faria uma turnê novamente e talvez pudéssemos tentar e conseguir um slot de suporte ou algo assim. “Então ele disse, ‘será que alguém poderia me colocar em contato? Como isso aconteceria? Como pediríamos isso?’ E então ele entrou em contato com Robert e as conversas meio que começaram a partir daí”.

LEIA MAIS  Bullet For My Valentine lança novo single, "Shatter"

How Not To Drown pertence ao quarto álbum de estúdio de Chvrches, Screen Violence, com lançamento previsto para 27 de agosto via Emi (Reino Unido) / Glassnote (EUA). A música explora a relação do multi-instrumentista e cantor Martin Doherty com a saúde mental, que segue um período de sua vida em que ele estava lidando com “depressão e ansiedade paralisantes” e pronto para desistir da música.

O The Cure não lança um álbum de estúdio desde o 4:13 Dream de 2008. Em agosto de 2019, Smith revelou que a banda esperava terminar de gravar um álbum naquele ano e descreveu o som como “não implacavelmente doom e melancolia. Tem paisagens sonoras, como Disintegration”.

FONTE: https://www.loudersound.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários