Robbie Krieger, lenda do THE DOORS, lança seu primeiro álbum solo em 10 anos

O guitarrista do The Doors, Robbie Krieger, anunciou seu primeiro álbum solo em uma década. ‘The Ritual Begins At Sundown’ será lançado no The Players Club, uma divisão do Mascot Label Group, em 24 de abril.

‘The Ritual Begins At Sundown’ foi escrito com o antigo líder de banda e baixista de Frank Zappa, Arthur Barrow, e reflete o amor de longa data de Krieger pelo jazz. “Quando eu escrevi músicas para o The Doors, sempre foi a música primeiro”, diz Krieger. “Eu acho que você tem que ter alguma habilidade musical para entender realmente o Jazz, quando eu era jovem, eu realmente não entendia, levei um tempo.

“Eu estava indo para as casas com John Densmore – antes do The Doors – para realmente apreciar o Jazz. Costumávamos ver Wes Montgomery, Roland Kirk, Miles Davis, coisas assim. No começo, eu realmente não entendia, mas depois de um tempo eu captei e sempre amei depois disso”. Krieger também lançou a primeira música do álbum, ‘The Drift’.

Ao lado de Krieger e Barrow no álbum estão Jock Ellis (Trombone), membros da banda Zappa, Sal Marquez (trompete) e Tommy Mars (Keys), AeB Bryne (flauta), Vince Denim (Sax), Chuck Manning (Sax), Joel Wackerman (bateria) e Joel Taylor (bateria). Gravado no Horse Latitudes Studio da Krieger, em Los Angeles, o álbum apresenta nove originais e uma cover, ‘Chunga’s Revenge’, de Zappa.

LEIA MAIS  Carcass lança novo álbum "Torn Arteries"

“Depois do The Doors, comecei a me interessar por Jazz e comecei a me encontrar com um cara chamado Sal Marquez”, diz Krieger. “Então montamos essa banda e essa foi a primeira banda do Robby Krieger e tocamos no Whisky A-Go-Go com Don Preston, o tecladista de Zappa.

“Arthur Barrow, que era um grande fã do Zappa – isso foi antes de trabalhar com Frank – decidiu que, depois de se formar na escola de música do estado do norte do Texas, ele iria para Los Angeles e tentaria entrar na banda de Frank, o que foi bastante impetuoso da parte dele. Ele começou a se encontrar com Don e com Zappa, Don estava na minha banda, então decidimos colocar Arthur no comando da mixagem no Whisky para nossos shows, foi quando o conheci nos anos 70”.

FONTE: https://www.loudersound.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários