Rob Halford revela porque ainda não falou palavrão em uma música do Judas Priest

O vocalista do Judas Priest, Rob Halford, não identificou uma razão para proferir um palavrão em uma de suas canções com a banda de metal.

Mas isso não significa que ele não poderia xingar em uma faixa do Priest no futuro, se o caso exigir, como o “Deus do Metal” sugeriu em uma entrevista esta semana.

Quando perguntado por que ele nunca usou palavrões com Judas Priest durante um podcast de 21 de junho com o Dr. Dot, Halford, em seu tom informativo e amigável de costume, explicou os fundamentos de por que ele se abstém de palavrões em “Breaking the Law”. Ele também ofereceu uma defesa daqueles que amaldiçoam em suas canções enquanto falam contra a censura na arte em geral.

É verdade que Halford empregou alguns palavrões leves em seu trabalho musical fora do Priest, e ele admite livremente usar vulgaridades em sua vida pessoal. No entanto, até agora, parece que profanação dura é apenas algo que não se encaixa no grande escopo do Judas Priest. “Eu adoro xingar, mas eu uso isso de uma forma divertida”, disse Halford, conforme relatado por Blabbermouth. “Eu uso isso de uma forma expressiva – extraindo suas emoções. Mas eu realmente não acho que tenha muito lugar em nosso mundo, no Priest. Quer dizer, eu vejo e ouço muito em certos tipos de música e, ei, isso é coisa sua; a escolha é sua”.

LEIA MAIS  Mandraz lança "Parasitas", seu terceiro single, que vocifera contra atual situação do Brasil

O cantor divagou: “Música e toda arte não devem ser censuradas. Uma vez que você começa a censurar a arte, ela se multiplica e se torna uma coisa muito perigosa de se fazer. Novamente, é tudo uma questão de escolha. Se você não gosta de algo, não ouça. Se for algo na TV que está deixando você com raiva, mude de canal. Se [houver] algo que o deixa com raiva nas redes sociais, vá para outro lugar. Mas para eu usar linguagem explícita em uma música do Priest, eu acho que ainda não encontrei o momento”.

Ainda assim, Halford tem muitos “amigos no metal que utilizam o poder dessas palavras”, acrescentou ele. “Se essa é a palavra que realmente enfatiza uma parte da sua mensagem, então, por suposto, você deve usá-la”.

FONTE: https://loudwire.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários