RAIMUNDOS e CHARLIE BROWN JR. – Vivo Rio, RJ (25/03/2010)

O show de ontem no Vivo Rio foi marcado pela nostalgia e muita empolgação. Quando os Raimundos entraram, houve um clima de comoção total pela volta do grupo que foi ícone de uma excelente geração de bandas do início dos anos 90. Após a saída do vocalista Rodolfo, os Raimundos continuaram fazendo seus shows, com o guitarrista Digão nos vocais, mas o sucesso não foi o mesmo e a banda caiu no esquecimento de boa parte do público e da mídia.

Mas na noite deste sábado o clima foi totalmente outro e não parecia que o grupo de Brasília estivesse passando por nenhuma fase ruim. Com todos os ex-integrantes juntos, o show teve participação especial do vocalista do Detonautas Roque Clube, Tico Santa Cruz, que irá acompanhar a banda em algumas apresentações. O grupo mostrou a que veio nas músicas de entrada “Baile Funk” e a porrada “Esporrei na Manivela”.

O show seguiu com toda a energia que sempre foi peculiar dos Raimundos, que levou o público ao delírio com a música “A Mais Pedida”, o maior sucesso da banda, com participação especial da cantora Érica Martins, fazendo o vocal feminino da música.

O grande destaque da apresentação da banda foi realmente a alegria que todos os integrantes estavam tocando, parecendo não acreditar que estavam se apresentando para um Vivo Rio lotado e totalmente aos seus pés. O baterista Fred, já mais pra lá do que pra cá (mas sem perder o tom das músicas, o que é importante) estava totalmente embasbacado e rindo de tudo que acontecia. Representou o espírito da noite, que era esse reencontro com o público que pulou, fez rodinha e gritou com todo o fervor com as últimas “Eu quero ver o oco” e “Puteiro em João Pessoa”. Os Raimundos voltaram com tudo.

Mas a noite ainda não havia terminado, pois ainda tinha show do Charlie Brown Jr. Já era 1 da manhã quando o grupo de Santos chegou “chegando” como quem diz que está ali para dominar e é isso que a banda fez durante a noite. Prendeu o público que não arredou o pé da pista até as 3h! Sim! Porque seu vocalista falastrão Chorão estendeu o show em pelo menos uma hora com seus discursos e conversas intermináveis com o público.

O set reuniu músicas de todos os discos da banda, passando por sucessos como “Tudo que ela gosta de escutar”, que abriu o show, “Me Encontra” e o “Couro vai Comer”. Para terminar, Chorão cantou a clássica “Proibida pra Mim” para fechar com chave de ouro uma noite que vai ficar marcada pela volta por cima dos Raimundos e pelos sucessos do Charlie Brown.

Texto e fotos: Rodrigo Miguez

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários