Powerwolf anuncia novo álbum de estúdio “Call Of The Wild”

Os metaleiros alemães do Powerwolf lançarão seu novo álbum, “Call Of The Wild”, em 9 de julho de 2021 via Napalm Records. Uma turnê europeia em apoio ao esforço seguirá em outubro.

Os fãs não podem apenas esperar que novos hinos de heavy metal sejam tocados e cantados por milhares, mas também a maior e mais épica produção que Powerwolf trouxe ao palco até agora, mais uma vez consolidando seu status como uma das bandas ao vivo mais intensas.

O sétimo álbum do Powerwolf, “The Sacrament Of Sin”, foi lançado em julho de 2018 pela Napalm Records. O seguimento de “Blessed & Possessed” de 2015 foi gravado no Fascination Street Studios em Örebro, Suécia, com o produtor Jens Bogren, que já trabalhou com KREATOR, DRAGONFORCE, SEPULTURA e PARADISE LOST, entre outros.

A história do Powerwolf, começando em 2004, parece um verdadeiro conto de fadas, mas é o resultado de uma das bandas ao vivo mais trabalhadoras e divertidas do planeta do heavy metal.

Powerwolf não só recebeu muitos prêmios de ouro e platina até o momento, vários lançamentos entraram nas paradas de álbuns oficiais na pole position. Com “Blessed & Possessed” (2015), Powerwolf alcançou o status de ouro pela primeira vez e permaneceu no topo das paradas por mais de nove semanas, enquanto seu antecessor, “Preachers Of The Night” (2013) – bem como o incrível DVD, “The Metal Mass” (2016) – atingiu as paradas oficiais alemãs em primeiro lugar.

LEIA MAIS  The Anmer lança "Death" do próximo album da banda Gates of Midnight

A missa sagrada do Powerwolf em nome do heavy metal é imparável, sua última magnum opus, “The Sacrament of Sin”, novamente entrou no paradas de álbuns em primeiro lugar. A turnê “Wolfsnächte” que a acompanhou, na qual Powerwolf encabeçou grandes locais com suas performances de palco fenomenais, tornou-se um único grande triunfo – assim como os inúmeros shows em festivais de verão nos quais as multidões ficaram emocionadas e completamente cativadas pelos lobos.

Powerwolf é:

Attila Dorn – vocais
Falk Maria Schlegel – órgão
Charles Greywolf – guitarra
Matthew Greywolf – guitarra
Roel van Helden – bateria

FONTE: https://www.blabbermouth.net/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários