Phil Campbell, do Motörhead, compartilha últimos dias de Lemmy

O conhecido guitarrista do Motörhead, Phil Campbell, falou sobre os últimos anos da banda antes da morte do vocalista Lemmy Kilmister no “CatTales Podcast”.

Lemmy Kilmister lidou com muitos problemas de saúde ao longo dos anos. Ele morreu em 28 de dezembro de 2015, em seu apartamento, por insuficiência cardíaca congestiva, arritmia cardíaca e câncer de próstata, aos 70 anos. Motörhead mencionou que ele foi diagnosticado com câncer apenas dois dias antes de sua morte.

Phil Campbell falou sobre os últimos anos de Lemmy no podcast e como seus problemas de saúde afetaram seu desempenho:

“Nos últimos dois anos, Lem não era bem ele mesmo. Ele só queria continuar. Você pode ver Lemmy envelhecendo um pouco mais, porque ele era muito mais velho que o resto de nós.

Mas ele estava indo bem – ele estava tocando bem. Nós apenas continuamos. Nós meio que abrandamos um pouco, mas ainda era uma turnê completa em comparação com o que as outras bandas fazem. Nós desacelerando ainda era como uma turnê completa para muitas outras bandas”. Eles continuaram em turnê o máximo que puderam:

LEIA MAIS  Kataklysm: Banda lança videoclipe para 'Defiant'

“Então, continuamos em turnê por dois meses em qualquer lugar onde eles nos levariam… Mas Lem tocou basicamente como se quisesse fazer o máximo que pudesse. Mas era difícil assistir algumas vezes no final”. Phil Campbell também falou sobre como ele se sentiu após o rompimento do Motörhead:

“Por 30 anos, era como minha rotina, basicamente. Viajar de ônibus e encontrar-se em aeroportos e verificações de som, rir e assistir TV e tudo mais dia após dia após dia após dia após dia. De repente, tudo apenas para. Mas, ótimas lembranças. Fizemos uma ótima música para as pessoas ainda curtirem, então isso é ótimo”.

FONTE: https://metalheadzone.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários