Paul Stanley: “Eu realmente não vejo uma razão para o KISS gravar novas músicas”

Não prenda a respiração se você esperava ouvir novas músicas na enorme turnê de despedida do KISS: Paul Stanley não está interessado.

Em conversa com o USA Today, o vocalista disse que “não vê realmente uma razão” para seguir o LP Monster de 2012 com novas músicas, porque ele acredita que a maioria do público parece querer apenas ‘os sucessos’.

“Na maior parte, quando bandas clássicas lançam novos álbuns, eles são olhados, ouvidos e jogados fora porque não têm gravitas, não têm a idade que vem com algo sendo uma cápsula do tempo ou estar apegado a um determinado período da sua vida”, explica. “Eu não estou sozinho nisso. Quando você vir qualquer banda clássica na TV ou se houver um vídeo de show, desligue o som e eu direi a você toda vez que eles estiverem tocando uma nova música porque o público se senta”.

O músico continua: “Então, é estranho para mim que as pessoas sempre queiram que você faça um novo álbum, mas então eles dizem, ‘Isso é ótimo, agora toque seus sucessos’. Então, honestamente, neste ponto, não há uma recompensa real nisso. Há muito mais recompensa em mudar de faixa – ainda estou indo em frente. Mas em termos de gravação de mais material do KISS, eu meio que pensei, ‘Por quê?’ Eu pensei que Modern Day Delilah ou Hell Or Hallelujah eram tão bons quanto qualquer coisa que eu escrevi e tão bons quanto qualquer coisa que gravamos, mas compreensivelmente, é como vinho novo. Simplesmente não envelheceu. Portanto, prefiro não tentar rolar uma pedra morro acima…”.

LEIA MAIS  Ozzy lançará edição de luxo de No More Tears em comemoração do 30º aniversário

O KISS será a atração principal do Download Festival do ano que vem ao lado do Iron Maiden e do Biffy Clyro – presumivelmente apenas mantendo as coisas antigas.

FONTE: https://www.kerrang.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários