OZZY OSBOURNE: ‘Não estou pronto para desligar meu microfone’

5 de Março de 2020

Ozzy Osbourne diz que está confiante de que irá se apresentar novamente, menos de um mês após o cancelamento de seus planos de turnê para 2020, a fim de seguir para o exterior para tratamento da doença de Parkinson e outros problemas de saúde.

Falando ao “Good Morning Britain”, Ozzy disse (veja o vídeo abaixo): “Meu desejo é voltar ao palco. Não estou pronto para desligar meu microfone. É para isso que vivo – fazer shows”.

Ozzy, que também interrompeu todas as atividades ao vivo em 2019 enquanto lutava contra doenças e lesões, continuou: “Eu me exercito o máximo que posso. Tenho um treinador, faço Pilates. Tenho massagistas, enfermeiras 24-7. O melhor remédio que posso ter é estar na frente de uma platéia, o que está partindo meu coração, para ser sincero”.

Questionado sobre a possibilidade de ele não poder tocar ao vivo novamente, Ozzy disse: “Eu irei. Absolutamente. Eu tenho que dizer isso”.

“Sharon [Osbourne, esposa e gerente de Ozzy] me disse: ‘O que você vai fazer se não conseguir?’ E eu disse a ela: ‘Não é uma opção. Tenho que fazê-lo'”, explicou. “Porque essa é a única coisa que eu fiz na minha vida. Essa é a única coisa que eu sempre quis fazer. Essa é a única coisa que me senti confiante em poder fazê-la. Mas você precisa ter um objetivo. E sempre que o homem no andar de cima quiser dizer que acabou, tenho que continuar tentando até esgotar todas as avenidas”.

De acordo com Ozzy, estar na frente de milhares de fãs adoráveis ​​é diferente de tudo o que ele já experimentou. “Quando você sobe no palco e tem a plateia em suas mãos, pode sentir que amor e vibração, não há droga, não há sexo, não há bebida – nada pode se aproximar desse sentimento pra mim”, ele disse.

LEIA MAIS  Allen Key lança o pesado e diversificado debut The Last Rhino

Osbourne foi diagnosticado pela primeira vez com a doença de Parkinson em 2003. O lendário cantor revelou que foi atingido pela doença em janeiro durante uma aparição no “Good Morning America”.

No mês passado, Ozzy esclareceu à Radio.com que seus programas foram “adiados”, não cancelados. Ele disse: “Pelo jeito que olho para isso, e conversei com Sharon sobre isso, não posso seguir a estrada até estar 100% confiante de que posso fazer isso. Porque se eu sair agora e eu não puder continuar, as pessoas vão pensar que eu perdi a estrutura. Então, eu não vou lá até que eu possa dar o show que eu quero, porque não é justo com eles”.

Em janeiro, Sharon Osbourne disse que seu marido tem “Parkin 2”, o que pode significar o estágio 2 de Parkinson, uma forma precoce da doença. “Existem tantos tipos diferentes de Parkinson”, disse ela em “Good Morning America”. “Não é uma sentença de morte por nenhuma extensão da imaginação, mas afeta certos nervos do seu corpo. É como se você tivesse um bom dia, depois um bom dia, e então você tem um dia muito ruim”.

O novo álbum de Ozzy, “Ordinary Man”, foi lançado em 21 de fevereiro. Ele planeja cumprir suas obrigações promocionais antes disso, antes de ir para a Suíça em abril para tratamentos adicionais.

FONTE: https://www.blabbermouth.net/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários