O sexto álbum do Pop Evil está ‘quase pronto’

Em uma nova entrevista com Barbara Caserta, do Linea Rock, o vocalista do POP EVIL, Leigh Kakaty, foi questionado sobre o status do sexto álbum de estúdio da banda.

Ele respondeu: “Estamos perto de terminar. Acho que temos um pouco de cereja no topo do bolo, pequenas coisas para terminar. Mas isso deve ser feito aqui quando as coisas começarem a reabrir. Espero que possamos fazer os retoques finais mais cedo ou mais tarde, mas quanto à data de [release] – ainda não há data”.

“Estamos apenas tentando com essa pandemia [coronavírus] levar as coisas mais devagar e garantir que todo mundo está seguro, e assim que soubermos mais sobre os detalhes do lançamento, obviamente informaremos a todos, mas agora estamos apenas tentando manter os membros da banda seguros e nos preocupando com nossas famílias e nossos problemas pessoais – faça isso… E então, é claro, à medida que as coisas abrirem, vamos tentar fazê-lo. Queremos que seja divulgado, obviamente. Queremos voltar à turnê”.

Em abril passado, o POP EVIL lançou duas novas músicas chamadas “Let The Chaos Reign” e “Work”, a primeira música nova da banda desde o lançamento do seu auto-intitulado, em 2018. Ambas são do sexto LP da banda.

Em uma entrevista à Loudwire, Kakaty disse sobre “Let The Chaos Reign”: “Essa faixa reflete a ansiedade dos tempos, embora essa não fosse sua intenção, mas definitivamente se encaixa no momento. Isso me dá esperança de que podemos vencer essa pandemia para que possamos todos poder voltar àquelas pequenas coisas”.

LEIA MAIS  Bayside Kings reflete os diversos níveis da existência no EP cantado em português

Quanto ao “Work”, ele disse: “‘Work’ foi uma música desafiadora, mas muito acolhedora para mim, que capturou o momento. Na verdade, ela se juntou tão naturalmente que eu não tentei nem pensar demais. Demorei cerca de 24 horas para finalmente ouvir a demo depois que a cortamos para apreciar algo que poderia ser especial para a banda. É tão diferente de tudo que já fizemos antes. A textura musical realmente tem muita profundidade e mal podemos esperar para adicioná-la ao nosso setlist. Vocalmente, nós experimentamos algumas abordagens diferentes que levam ao produto final. O nosso produtor dessa música, Kevin Hissink, realmente fez um trabalho incrível para me tirar do meu conforto da zona vocal”.

A banda contratou novas equipes criativas de produtores e colaboradores para diversificar e expandir seu som.

FONTE: https://www.blabbermouth.net/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários