Mike Shinoda revela sua música preferida do Linkin Park

Depois que Mark Hoppus fez a tabela das melhores músicas do blink-182 no mês passado, Mike Shinoda agora está entrando na onda da classificação, tendo escolhido suas músicas favoritas do Linkin Park. Veja o vídeo AQUI.

Tomando seu canal no Twitch depois que o Linkin Park do Peru criou o suporte para LP, o músico filmou a si mesmo dando uma olhada nas músicas que abrangem toda a carreira de 20 anos da banda, demorando 14 minutos para finalmente escolher um vencedor (em contraste, Mark Hoppus levou apenas dois minutos para trabalhar no ranking intermitente).

“É tão engraçado porque é quase como um teste de personalidade. Que tipo de ouvinte de música você é? Que tipo de pessoa és tu?” Mike ri.

Ele faz algumas escolhas interessantes e talvez controversas em todo o grupo, escolhendo o que pode ser considerado ‘cortes mais profundos’ como Keys To The Kingdom esmagando o single One Step Closer (“Porque One Step Closer era mais imaturo do que Keys To The Kingdom para mim. Mas, Eu amo One Step Closer, não me interpretem mal…”), e Iridescent sobre Numb.

Por fim, os dois finalistas são Papercut e Waiting For The End, com Mike escolhendo o último – retirado do álbum de 2010, ‘A Thousand Suns’. Em outras notícias do Linkin Park, o baixista Dave ‘Phoenix’ Farrell revelou recentemente que o grupo estava escrevendo novas músicas antes do coronavírus, embora isso tenha sido colocado em pausa por enquanto.

LEIA MAIS  Gangrena Gasosa anuncia novo Omulu

“Neste momento, acho que globalmente todos estamos fazendo uma versão da mesma coisa, tentando ficar em casa e permanecer o mais saudável possível”, disse ele.

“Para nós, com a banda, nós meio que escrevemos e fizemos isso antes de tudo começar, então, nesse momento, estamos fazendo reuniões com o Zoom para almoçar juntos e dizer ‘oi’. Mas não temos sido capazes de se reunir e escrever ou fazer isso tudo. Então, estamos trabalhando um pouco em casa, desenvolvendo idéias”.

“Eu tenho tocado muita bateria, apenas para fazer algo novo – eu tenho feito isso no último ano, ano e meio, e propositalmente fazendo o máximo de barulho possível para criar meu próprio espaço na casa”.

FONTE: https://www.kerrang.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários