METALMORPHOSE e STRESS – Canecão, RJ (31/07/2010)

No último sábado o público do Rio presenciou o encontro de duas grandes bandas nacionais. Os cariocas do Metalmorphose e os paraenses do Stress subiram aos palcos do Canecão e deixaram, sem dúvida alguma, os cerca de 430 presentes deveras satisfeitos.

A Metalmorphose, que em 2009 gravou o álbum Odisséia, foi a primeira a se apresentar. A banda é composta por Tavinho Godoy no vocal, André Delacroix na bateria, André Bighinzoli no baixo e Felippão e Leon Manssur nas guitarras. No repertório, Correntes, Complexo Urbano, Hárpya e Rebeldia, entre outras. Encerram a apresentação com Minha Droga é o Metal, levando todos a levantarem as mãos fazendo chifrinhos e cantarem junto com a banda.

Em seguida, foi a vez do Stress, que lançava o cd Live in Memory e é considerada a primeira banda de heavy metal do Brasil. Roosevelt Bala, Paulo Gui e André Chamon, os componentes da banda, se apresentaram com muita competência.

Uma pena o público não ter comparecido em massa, pois o show foi muito bom. Apesar dos recentes problemas, o Canecão ainda oferece uma boa estrutura para os músicos. Tanto som quanto iluminação estavam muito satisfatórios. Porém, este déficit não foi um problema, muito pelo contrário. Fez-se a máxima: quantidade não significa qualidade!

No final, as bandas fizeram uma jam, o que deixou tanto os músicos, quanto o público extasiados. A satisfação de todos era visível. Melhor que palavras, só mesmo os vídeos para mostrarem a qualidade dos shows!

Texto: Lívia Bueno
Fotos: Lívia Bueno e Jaime Martins

DEIXE SEU COMENTÁRIO: