Membros do Soundgarden tocariam juntos novamente “sem hesitação”

O guitarrista Kim Thayil e o baterista Matt Cameron expressaram interesse em tocar ao vivo ou no estúdio com os membros sobreviventes do Soundgarden no futuro.

Discutindo uma nova colaboração com Brandi Carlile para o lançamento do Record Store Day no fim de semana passado, os músicos não descartaram outros projetos sob o banner do Soundgarden, com Matt explicando que “não é o caso” que a banda acabou após a morte do vocalista Chris Cornell em 2017.

“Nos sentimos honrados que [Brandi] nos convidou para participar de seu projeto Record Store Day”, diz o baterista disse à Rolling Stone. “Nós tivemos uma explosão. Eu acho que a maioria das pessoas supõe que nós três terminamos desde que Chris faleceu, mas não é o caso. É bom saber que as pessoas ainda querem nos ouvir tocar juntos”.

“Foi tão natural e divertido tocar com Brandi e os gêmeos, e tocar com Ben [Shepherd, baixista do Soundgarden] e Matt é uma segunda natureza para mim”, acrescenta Kim. “Qualquer oportunidade de tocar com todos eles novamente, seja ao vivo ou no estúdio, eu abraçaria sem hesitar”.

LEIA MAIS  Thundermother: Banda adia turnê e assina com agência do AC/DC para shows nas Américas

Claro, Kim e Matt já estiveram no estúdio juntos este ano, trabalhando em uma música intitulada ‘Only Love Can Save Me Now’ do próximo álbum de The Pretty Reckless, Death By Rock And Roll.

“Gravamos isso em Seattle, no London Bridge Studios, e foi uma experiência incrível passar algum tempo em Seattle”, revelou recentemente o vocalista Taylor Momsen sobre a colaboração. “Cada vez que estamos em turnê, entramos e saímos tão rápido que foi muito bom experimentar a cidade por tudo o que ela é e toda aquela história e gravar em um estúdio tão icônico. Quer dizer, Ten do Pearl Jam [foi gravado] lá, e Louder Than Love do Soundgarden. E então estar lá com o Soundgarden, foi bem surreal”.

FONTE: https://www.kerrang.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários