Max e Iggor Cavalera levarão a turnê “Return Beneath Arise” para a América

2 de Março de 2020

No ano passado, Max e Iggor Cavalera deliciaram os fãs europeus em turnê chamada ‘Return Beneath Arise’, na qual os irmãos prestaram homenagem aos maiores álbuns de sua antiga banda, Sepultura. Agora, eles anunciaram que os fãs americanos terão a chance de reviver suas próprias raízes sanguíneas, pois trarão a jornada para a América do Norte.

Em entrevista ao The Metal Interview, Max disse: “Tocamos Roots [álbum do Sepultura] por um tempo e, no ano passado, fizemos muito Beneath The Remains e Arise juntos, e isso foi ótimo. As pessoas adoram, fãs adoram, especialmente na Europa e América do Sul. Alguns dos shows sul-americanos estão no YouTube; você pode ver o México e o Chile, e a multidão está cantando todas as músicas. Esses registros são tão icônicos – eles são obras-primas daquela época”.

“Então, vamos fazer mais disso”, continuou ele. “Nós vamos trazê-la para a América, provavelmente no verão, com provavelmente outra banda legal, com um pacote legal. Então é isso que estou fazendo com Igor no momento – apenas prestando homenagem às nossas coisas antigas”.

Enquanto algumas bandas têm receio de reformar seu material antigo, Max realmente prometeu fazer o que ele acredita em 2020. Falando com Kerrang! no ano passado, o vocalista do Soulfly deixou claro que o metal era mais importante para ele do que a segurança.

LEIA MAIS  Sturle Dagsland cativa com diferentes vocalizações e ambientações no disco de estreia

“Somos loucos, tocamos em qualquer lugar”, disse Max com um sorriso. “Eu estive no norte da África, Israel… Houve uma vez, logo após o 11 de setembro, todo mundo estava cancelando suas turnês pela Europa. Dissemos: ‘Foda-se, vamos’. É assim que os terroristas vencem. O medo não pode ser maior que a música. O metal é maior que o medo. Lembro que tocamos em um dos primeiros shows de metal em Paris após os ataques de [Bataclan]. E você pode sentir – a raiva saiu em grande parte, logo na primeira música. Era como uma bomba atômica disparada. E acho que o metal é bom para coisas assim”.

FONTE: https://www.kerrang.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários