Lollapalooza foi cancelado, festival deve seguir online

O Lollapalooza deste ano em Chicago foi oficialmente cancelado devido à pandemia de coronavírus.

O festival Grant Park – que atrai 100.000 fãs ao longo de quatro dias – estava programado para acontecer neste verão de 30 de julho a 2 de agosto, mas agora será substituído por um evento de streaming no fim de semana.

“Desejamos poder trazer o Lollapalooza para Grant Park novamente este ano, mas entendemos por que as coisas não podem seguir em frente conforme o planejado”, diz uma declaração do Lollapalooza. “A saúde e a segurança de nossos fãs, artistas, parceiros, equipe e comunidade são sempre nossa maior prioridade. Tenha certeza, estaremos trabalhando duro nos bastidores para entregar a Chicago uma celebração espetacular do 30º aniversário de Lollapalooza no verão de 2021, e mal podemos esperar para comemorar com vocês”.

Em vez disso, o festival anunciou uma transmissão online de fim de semana nas datas em que aconteceria – cuja programação será anunciada. No entanto, Lollapalooza diz que o evento virtual – intitulado Lolla2020 – “incluirá apresentações de toda a cidade e além, cenários épicos de arquivo de Chicago e das seis edições internacionais do festival, imagens nunca vistas dos anos 90 e muito mais”.

LEIA MAIS  Ozzy Osbourne reage ao Rock and Roll Hall of Fame homenageando Randy Rhoads

Claramente, os eventos de streaming são o caminho a seguir no momento, enquanto não podemos chegar aos festivais. Neste fim de semana, por exemplo, o Download Festival está hospedando o Download TV, com muitas bandas na formação de 2020 – incluindo as atrações principais KISS, Iron Maiden e System of A Down – e muito, muito mais.

“Arme sua barraca, erga suas bandeiras, coloque suas buzinas e prepare-se para fazer um mosh (a uma distância socialmente responsável!)”, disse a equipe no momento do anúncio, prometendo “performances inéditas, entrevistas especiais, imagens exclusivas e conteúdo interativo”.

FONTE: https://www.kerrang.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários