Lamb of God estreia nova música ‘Routes’ com Chuck Billy do Testament

O Lamb of God estreou “Routes”, o quarto single a ser lançado no próximo álbum auto-intitulado da banda. Essa também conta com a participação de Chuck Billy, cantor do Testament.

“Routes” foi inspirado pelo envolvimento de Randy Blythe no protesto na Reserva Indígena Standing Rock, enquanto ele e muitos outros se posicionavam contra a instalação do Dakota Access Pipeline em Dakota do Norte. O projeto temia representar uma ameaça ao abastecimento de água local da tribo Sioux.

“Fui a Standing Rock porque ouvira relatos de violência cometida contra manifestantes pacíficos por agentes da lei estadual e empresas de segurança privada, e essa violência não foi relatada na grande mídia na maior parte”, comentou Blythe.

“Fui trazer suprimentos e apoiar essas pessoas, que estavam tentando proteger a água e, assim, proteger a todos, pois tudo no mundo natural está protegido”, continuou o cantor, acrescentando: “Eu estive lá uma semana, fiz ótimas amigos e aprendi muito. Foi uma experiência muito profunda na minha vida, e eu sabia que um dia escreveria uma música sobre isso”.

Blythe continuou detalhando suas razões para recrutar Billy, que é descendente de nativos americanos. “Minha experiência, apesar de minha, foi temperada e moldada pelas centenas de anos de opressão brutal dos povos indígenas em nosso país. Então, era imperativo para mim ter uma voz nativa representada na música, e Chuck Billy estava feliz em ser essa voz”, ele elaborou.

LEIA MAIS  Sad Theory solta lyric video do novo single “Ministrando a Pena”

Explicando a profundidade de uma parte de “Routes”, o líder do Lamb of God, disse: “No final, há uma seção de chamada e resposta – Chuck liga e eu respondo. Isso é intencional. Musicalmente, é simbólico da minha experiência lá. Uma voz nativa lidera, trazendo energia positiva e chamando as pessoas a se unirem, e eu respondo, fornecendo apoio. Essa foi minha experiência física e isso se reflete na música”.

“Foi uma grande honra como um orgulhoso nativo americano Pomo ser convidado pelo Lamb of God para fazer alguns vocais convidados nessa música”, expressou Billy entusiasmado. “O movimento No DAPL dos povos indígenas deste país foi um evento histórico. Ser capaz de emprestar minha voz para representar o povo nativo americano, complementando a narrativa e a letra de Randy, é algo realmente especial para mim. Estou feliz que esse movimento tenha sido colocado em uma mensagem musical e estou extremamente feliz por ter feito parte dela”, concluiu.

FONTE: https://loudwire.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários