Intitulado “V”, novo disco do Alcatrazz já está disponível no Brasil pela Heavy Metal Rock

A veterana banda Alcatrazz, de Los Angeles/Califórnia, famosa por ter apresentado ao mundo dois dos maiores guitarristas de todos os tempos, Yngwie Malmsteen e Steve Vai, acabou de lançar seu quinto e novo disco intitulado “V”.

Esse é o primeiro trabalho do grupo com seu novo vocalista, ninguém menos que Doogie White (Rainbow, Yngwie Malmsteen, Michael Schenker, Tank) e que também reúne os membros originais, o tecladista Jimmy Waldo e o baixista Gary Shea, além de Mark Benquechea na bateria e Joe Stump na guitarra.

Ao mesmo tempo old-school e contemporâneo, “V”, que acabou de ser lançado no Brasil pela gravadora Heavy Metal Rock, percorre pelo som clássico do Alcatrazz de antigamente, mas com vigor e vivacidade renovados. Quer seja através da neoclássica “Nightwatch”, ou pelo metal melódico e veloz de “Turn Of The Wheel”, ou ainda pela ‘bluesy’ “House Of Lies”, não há dúvidas de que o Alcatrazz está em velocidade máxima celebrando seu momento.

Aliás, boa parte disso também deve-se ao trabalho vocal supremo de Doogie White em todas as 12 faixas do álbum: “Guardian Angel”, “Nightwatch”, “Sword Of Deliverance”, “Turn Of The Wheel”, “Blackheart”, “Grace Of God”, “Return To Nevermore”, “Target”, “Maybe Tomorrow”, “House Of Lies”, “Alice’s Eyes” e “Dark Day For My Soul”.

“A entrada de Doogie foi uma transição natural para o legado do Alcatrazz”, afirma o baixista Gary Shea. “Ele é um profissional muito trabalhador, que adora cantar e sempre cumpre os prazos. Sua longa lista de conquistas profissionais o faz o cara perfeito para nós.”

Sobre o direcionamento musical de “V”, o tecladista Jimmy Waldo comentou. “Todos nós estamos muito felizes com o novo álbum, estávamos todos na mesma página sobre a direção e o que estávamos tentando realizar. Tínhamos mais de 20 músicas para escolher, foi difícil, gostamos de todas, isso é muito incomum para uma banda. Acho que este álbum soa como a progressão natural de No Parole, só que mais pesado.”

LEIA MAIS  Scorpions compartilha faixa título do álbum Rock Believer

“No Parole From Rock ‘N’ Roll”, citado por Waldo, é o clássico disco de estreia do Alcatrazz lançado em 1983 e que além de revelar o talento do ainda jovem guitarrista Yngwie Malmsteen, também tinha Graham Bonnet como vocalista. É desse disco o grande hit “Island In The Sun”. Na sequencia o Alcatrazz lançou outro álbum clássico, “Disturbing the Peace”, de 1985, que não mais trouxe Malmsteen, mas em seu lugar ninguém menos que Steve Vai. É desse álbum o também hit “God Blessed Video”. A banda lançou mais um LP de estúdio, “Dangerous Games”, de 1986, antes de encerrar as atividades no ano seguinte. A banda se reuniu e lançou o aclamado “Born Innocent” em 2020, seu primeiro álbum de estúdio contendo material totalmente novo desde 1986.

Produzido por Giles Lavery e Jimmy Waldo, e mixado por Andy Haller (Elton John, Joe Cocker e System of a Down), “V” também inclui participações de Nigel Glockler do Saxon (bateria em “Guardian Angel” e “Blackheart”), Cliff Evans do Tank (baixo em “Grace of God”) e Donnie Van Stavern do Riot (baixo em “Guardian Angel”, “Nightwatch” e “Target”), destacando o quão perenemente popular a música de Alcatrazz permanece entre seus pares.

E apenas no caso de você estar se perguntando o que “V” significa, o quinto álbum de estúdio de Alcatrazz, é claro, mas também representa o “V” da vitória pelo fato do Alcatrazz estar mais forte do que nunca em 2021, apesar de todas as probabilidades.

Mais Informações:
www.facebook.com/alcatrazzband
www.twitter.com/AlcatrazzReal
www.instagram.com/alcatrazz_official
www.alcatrazzofficial.com
www.instagram.com/heavymetalrock83
www.facebook.com/hmrock83

FONTE: Som do Darma

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários