Foo Fighters disponibiliza o incrível show em Hyde Park de 2006

27 de Abril de 2020

O Foo Fighters divulgou seu épico show de 2006 no Hyde Park, em Londres.

Mantendo os fãs entretidos e distraídos em meio à pandemia de coronavírus, os titãs do rock compartilharam todo o set de 80 minutos – que ocorreu em 17 de junho de 2006, e apoiava seu quinto álbum In Your Honor, de 2005 – gratuitamente online.

A performance é a favorita dos fãs em particular por várias razões: não só foi um dos maiores shows da banda até então, mas Dave Grohl e sua turma também recrutaram alguns convidados muito especiais durante a noite. O Lemmy do Motörhead subiu ao palco para a estréia ao vivo da ‘Shake Your Blood’, do Probot, enquanto os membros do Queen apareceram mais tarde para fazer cover de ‘We Will Rock You’ e ‘Shake Your Mother Down’. Não é grande coisa, hein?

Falando com Kerrang! sobre o show, Dave se entusiasmou: “A boa coisa naquele dia foi que escolhemos a conta. Então, ligamos para todos os nossos amigos – Queens [of The Stone Age], Motörhead, Juliette Lewis, Angels & Airwaves. Para mim, foi como uma festa. Era como convidar um monte de gente para um churrasco, onde eu estava literalmente fazendo churrasco para todo mundo nos bastidores antes do show. Quando saí para fazer o show, cheirava à porra de um cheeseburger. Eu estive cozinhando o dia todo. “Dave, você entra em 20 minutos” – “Ok, ok, ainda estou virando hambúrgueres!”.

“Nesse ponto, o tamanho de uma audiência não era tão importante quanto a atmosfera ou a energia da audiência”, continuou ele. “Neste ponto da minha vida, não me importo com quantas pessoas estão por aí; isso não me incomoda. É o que fazemos juntos. Se é um clube com 120 pessoas, ou se é um campo com 120.000 pessoas, nada disso me incomoda. É como interagimos e o que acontece nas próximas duas horas e meia”.

LEIA MAIS  Corey Taylor liderará o supergrupo ‘Ground Control’ para tributo a David Bowie

“Algo como o Hyde Park, quando você faz um show como esse, nós basicamente colocamos esse show em nós mesmos – todos os palcos, todos os vendedores, não muito diferentes de quando eu era criança, quando estava fazendo pequenos shows em centros comunitários. Esta foi uma versão muito maior disso. Há um senso de responsabilidade, mas também existe esse sentimento de orgulho de que você pode fazer algo assim e trazer esse tipo de prazer para muitas pessoas. Eu tinha orgulho de poder ligar para Lemmy e dizer: ‘Ei, você quer tocar no Hyde Park juntos?’. Depois, há o Motörhead no palco, tocando Overkill para 50.000 pessoas. Tenho orgulho de coisas assim, sabe? É legal poder envolver seus amigos para brincar. Tipo, ‘podemos pegar o Motörhead? Por que não tê-los, então?!’. É como um circo itinerante. E o circo chegou à cidade”.

FONTE: https://www.kerrang.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários