Florian Schneider, co-fundador do Kraftwerk, morre aos 73 anos

O co-fundador do Kraftwerk e pioneiro do electro-pop Florian Schneider morreu aos 73 anos. A banda confirmou através de uma declaração que ele havia morrido após “uma curta doença do câncer”.

O comunicado dizia: “Ralf Hütter nos enviou a notícia muito triste de que seu amigo e companheiro, durante muitas décadas, Florian Schneider faleceu de uma curta doença de câncer apenas alguns dias após seu 73º aniversário”.

“No ano de 1968, Ralf Hütter e Florian Schneider iniciaram sua colaboração artística e musical. Em 1970, fundaram seu estúdio eletrônico Kling Klang em Düsseldorf e iniciaram o projeto multimídia Kraftwerk. Todos os álbuns do catálogo Kraftwerk foram concebidos e produzidos lá”.

Schneider formou o Kraftwerk com Ralf Hütter em 1970, onde permaneceu membro até deixar a banda em 2008. Na parceria de Schneider e Hütter, o Kraftwerk encontrou sua força motriz criativa, escrevendo e produzindo seus trabalhos mais conhecidos – incluindo o ‘Autobahn’,  de 1974, o Trans-Europe Express’, de 1977 e ‘The Man-Machine’, de 1978 – juntos.

LEIA MAIS  Dave Grohl se apresenta com sua filha Violet no programa de Jimmy Kimmel

A influência que o Kraftwerk teve na música moderna tem sido grande, informando de tudo, desde o pop ao techno, bem como aos artistas de rock e metal, incluindo David Bowie, Nine Inch Nails e HIM.

O mundo da música foi rápido em prestar homenagem. “Que semana”, disseram Pink Floyd e o produtor do Radiohead Nigel Godrich. “Agora o grande Florian Schneider… Sentindo uma era passar”. “O poderoso Florian Schneider deixou esta terra”, disse Garbage em um Tweet. “2020 é realmente apenas o pior até agora”.

FONTE: https://www.loudersound.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários