Entrevista com Juanito, da CABRONES SARNENTOS

Semana retrasada eu falei sobre os Cabrones Sarnentos, banda Punk que vem se destacando nos festivais independentes cariocas, com seu estilo desgarrado e enérgico. Hoje voltei com eles novamente, desta vez com uma entrevista com o Juanito, vocalista da banda, contando mais sobre o progresso da banda.

Rockzone: Conte um pouco sobre a trajetória da banda. Foi difícil vocês arranjarem um espaço e público próprio?
Juanito: Uma longa batalha de um ano até o primeiro show…  mas o público geral que escuta, gosta.

Rockzone: Quais as principais influências de Cabrones Sarnentos, tanto em gênero musical quanto outras bandas ?

Juanito:  Ramones, Motörhead e Iggy Pop.

Rockzone: O que vocês acham da cena independente brasileira? O que deixa a desejar?

Juanito: Aparecer mais para que todos possam ver.

Rockzone: Pra vocês, o Punk 77 e suas vertentes perdeu espaço no Brasil e no mundo?

Juanito: Nada! Agora que está mais forte… a nessecidade de escutar oldschool é muito forte.

Rockzone: Apesar de assumirem uma postura de gênero musical bastante voltada pro Punk, podemos perceber que não dedicam nenhuma de suas músicas à política. Podem comentar um pouco sobre isso?

Juanito: Bom, nós temos uma música chamada Correria da Polícia que foi inspirada em fatos reais.

Rockzone: Qual o show mais marcante pra vocês?

Juanito: Todos que a galera reage.

Rockzone: E o mais importante?

Juanito: Todos são importates. Tocar rock é o importante.

Rockzone: Quanto à outras bandas independentes brasileiras, quais seriam suas indicações?

Juanito: Super hi-fi, Monstros do ula ula, Arroto e Gamitas

Rockzone: Algum de vocês tem outro projeto paralelo? Se sim, quais?

Juanito: Sim. O Pancho toca no Arroto, e o vincen toca no Mister Severin e agora o novo guitarra, Loco Cabron, também toca no Mister Severin.

Rockzone: Na classificação geral, o som de vocês seria definido como Punk ou algo próximo disso. Mas e vocês, como definem a banda sem rotular?

Juanito: Rock com postura rock e atitude rock

Rockzone: É notável que as letras das músicas de vocês refletem bem as farras, as bebedeiras, enfim, o dia-a-dia de vocês, o que é muito legal! Existe alguma música que mantém outro foco? Se sim, do que fala?

Juanito: O que, falar de amor?! (Risos) Não mesmo… política talvez mas sem o efeito que a política tráz até nós. Pelo menos por enquanto, se bem que falo muito sobre superação.

Rockzone: Quais os passos futuros de vocês? Agendas, projetos, etc ?

Juanito: Tem a Grande Roubada. e por agora é isso. Estamos procurando produtores dispostos a trabalhar, pois agora estamos sozinhos. E talves sairá aí um EP!

É isso aí, gente! Estarei lá na Grande Roubada, prestigiando eles e outras bandas, inclusive Matanza, Garotos Podres e Gangrena Gasosa! Não percam esse festival!

By Morgana (synthemesca)
guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários