Entrevista com a KRUSADER

1. Olá banda! Vocês começaram no início dos anos 90 e já foram comparados com o Halloween pelas composições. Falem um pouco de como foi essa repercussão logo no comecinho da carreira?

Krusader: No começo nós tínhamos um estilo mais Power Metal e com vocais mais altos, isso fez com que fossemos comparados diretamente ao Helloween. Pra gente foi uma honra claro, é sempre bom ser comparado com os grandes.

2. Depois de muitos acontecimentos com o guitarrista Paulo, a banda passou por um considerável período de estagnação até voltarem no ano 2000. O que houve exatamente neste tempo?

Krusader: Antes de 2000 a banda ainda não era profissional, estávamos apenas começando a compôr algumas coisas, mas nada sério…

As gravações, composições do primeiro álbum “The First Crusade” começou a partir de 2000.

3. A banda fez uma participação em um projeto chamado Hamlet, interessante por sinal. Porém, eu li que ele foi mixado na Alemanha. Quem convidou vocês para este projeto, onde gravaram e de que maneira isso repercutiu o nome de vocês?

Krusader: Foi o maior projeto de Heavy Metal do país até hoje, grandes bandas num mesmo CD. Fomos convidados pela Diehard. Foi gravado no Creative Sound Studio e mixado pelo Sasha Paeth na Alemanha. Este projeto repercutiu até lá fora, foi muito pra gente, bem aceito pelos críticos, por ter uma proposta totalmente voltada na obra de William Shakespeare.

4. Nos anos 90 acredito que as bandas tinham muita dificuldade em divulgar o seu trabalho, situação bem diferente dos dias atuais com o avanço da internet. Como é que vocês se viravam para mostrar o trabalho da banda?

LEIA MAIS  Fusage: A revelação do rock nacional que você precisa ouvir

Krusader: Nesta época a banda ainda estava começando o trabalho.

5. “Uma banda de música clássica com influências de Heavy Metal”, como definir isto?

Krusader: Todos nós estudamos Música Clássica e somos Metaleiros desde criança, não tinha como ser diferente rs. rs.

O processo de composição funciona mais ou menos assim: primeiro é composta toda a orquestração, só depois colocamos o Heavy Metal em cima.

6. E já que a influência de vocês é a música clássica, o que costumam ouvir quando estão em casa?

Krusader: Cada um tem seu estilo predileto, ouvimos de tudo, principalmente quando estamos em processo de composição, muitas trilhas de filmes, compositores clássicos, New Age e por aí vai.

7. Quais são os planos para 2011?

Krusader: A idéia é dar continuidade na trilha sonora do Angus e terminar o álbum Second Crusade.

8. Nós agradecemos a sua entrevista e queremos que deixem um recado para os nossos leitores e para os fãs da banda.

Krusader: Nós só temos a agradecer de coração a todos os fãs, que aguardaram ao tão esperado lançamento do álbum Angus, com toda certeza a banda só voltou por vocês, que ainda acreditam e prestigiam o nosso trabalho. Gostaríamos também de agradecer a todos do Rock Zone, em especial, a Milena Calado, que nos deu está grande oportunidade.

By Milena Calado

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários