Entrevista com a HORROR DELUXE

1- Conte para o Rockzone como foi o início de tudo, de onde vocês são. etc. Desde quando vocês já estão no cenário Rock and Roll. Apresentem-se para nós.

Prix: Somos do Sul de Minas, Pouso Alto. Em outubro de 2009 gravamos uma versão para um tributo ao Cramps. Desde então tocamos juntos – quase toda noite.

2- Eu li no Myspace de vocês que a idéia da banda é fazer um som influenciado por quadrinhos, filmes de horror, ficção científica e claro, Rock and Roll. Achei curioso e interessante. Falem sobre.

Prix: Gostamos muito dos quadrinhos de ficção dos anos 80. Somos fãs do Ranxerox, do Peter Punk, Locas  e Squeak The Mouse. Cripta do Terror dos anos 50. Colecionamos filmes de terror.

Ucra: Essas são nossas maiores influências. Isso pode ser notado em nossas letras e sons. E o Rock tem a ver com esses temas. São um espelho do patético drama humano.

3- Em que bandas vocês se inspiraram para fazer a música que fazem? E quais bandas de rock vocês escutam quando estão em casa?

Prix: Tem sons diferentes surgindo a todo momento. Ultimamente tenho ouvido muito The Sweet, David Bowie e Danzig.

Ucra: Alice Cooper e The Cramps. Creio que esses sejam referências eternas.

4- Hoje em dia, no circuito underground, as bandas têm que correr atrás por conta própria, pois isso pode ser a maneira mais eficaz da música chegar ao público. Vocês concordam com isso? Falem como está sendo com vocês.

Ucra: Somos uma banda nova. Desconhecemos gravadoras e grandes produções. O MP3 tem levado nossa música longe. E as pessoas querem a camiseta, o CD, o adesivo. É uma nova forma de trabalho.

Prix: Somos obrigados a estar criando coisas novas sempre. Talvez nas mãos de um selo isso poderia sair do nosso controle. Gosto do momento atual para a música, para as artes.

5- A canção “Shock de Língua” é bem divertida e empolgante. O tema tem inspiração em quê?

Ucra: Algumas das nossas canções são auto biográficas. Essa é uma delas. Hahahahaha!!

6- Vocês curtiram ganhar a enquete da rádio Rockzone? O que acharam?

Prix: Curtimos sim. Nos trouxe novos contatos interessantes.

Ucra: Conheci os Gametas. Excelente banda.

7- Qual recado vocês deixariam para quem está pensando em montar uma banda de rock?

Prix: Persistir. Criar e divulgar. Começar por conta própria não é muito fácil mas eu gosto disso. Atropelo os obstáculos.

Ucra: Temos tecnologia. Sigamos em frente! Gratos!

Por Milena Calado

DEIXE SEU COMENTÁRIO: