Entrevista com a EZDP

1. Vocês estão há sete anos na estrada. Quais foram os obstáculos e as dificuldades que foram enfrentadas para que a banda fosse o que é hoje?

EZDP: A falta de apoio ao cenário independente e o fato de tocarmos ROCK no país do “Samba e bundas”, foram às maiores dificuldades para chegarmos até aqui.

2. EZDP é uma sigla? E se for o que significa?

EZDP: Sim, é uma sigla. O significado não permitiria que a entrevista fosse ao ar.

3. Como surgiu a idéia de escrever músicas com temas marcantes e populares de forma irreverente?

EZDP: A ideia surgiu de forma natural, pois basta olharmos ao nosso redor e observarmos que sempre há algo bizarro acontecendo, embora a maioria das pessoas haja com indiferença diante disso. Seria cômico se não fosse trágico. E vice-versa.

4. Vocês acabaram de lançar um cd chamado “A Normalidade”. Esse é o primeiro cd ou vocês já tem outros anteriores?

EZDP: É nosso primeiro disco profissional.

5. Uma pergunta que sempre faço para as bandas é sobre o que elas estão achando da nova geração do rock. E vocês o que estão achando dessa nova leva de bandas que estão fazendo sucesso com novas filosofias e diretrizes?

EZDP: Há coisas que gostamos e coisas que não gostamos. As que não gostamos, estão deturpando a filosofia real do Rock’n’Roll, em nossa opinião.

6. Cada um tem sua influência musical, mas qual é a banda que mais influencia dentro do contexto musical de vocês?

EZDP: A música em si é a maior influencia, mas num geral é o Rock clássico e boas bandas da história do Rock nacional.

7. Quais são os planos para 2011?

EZDP: Espalhar nossa filosofia por esse Brasil “doidão”.

8. Qual é a mensagem que vocês mandam para essa garotada que está começando agora na estrada e para a galera que quer montar uma banda de rock?

EZDP: Estudem música, pesquisem, busquem uma identidade própria, não copiem o que já existe, sejam vocês mesmos e não apenas marionetes do sistema.

By Milena Calado

DEIXE SEU COMENTÁRIO: