Em 4º álbum, Gods & Punks encerra a saga Voyage Series

A banda de stoner progressivo Gods & Punks chega ao quarto disco de estúdio, The Sounds of the Universe.

Com nove faixas, o registro é o capítulo final da Voyage Series, iniciada com o debute Into the Dunes of Doom (2017).

The Sounds of the Universe já está nas plataformas digitais pela Abraxas Records e ganha versão em vinil colorido 12 polegadas – no segundo semestre de 2021 – pela Forbidden Place Records, gravadora de Colorado (EUA). Ouça no streaming aqui.

O novo álbum do quinteto do Rio de Janeiro é composto por cinco faixas inéditas e quatro versões de músicas do EP de estreia, mas agora com produção moderna, novos arranjos e, em alguns momentos, novos elementos.

Gravity e Universe, dois dos três singles já lançados, por exemplo, são composições tão coesas e dinâmicas que apenas foram regravadas, sem mexer na estrutura. Já Black Apples ganhou a vibe de jam session da versão ao vivo, com muitos solos psicodélicos. Mas Eye in The Sky e The Tusk são canções que se apresentam bastante distintas das originais.

São quatro músicas totalmente inéditas. Dimensionaut, o primeiro single, é pesada, intensa e cativante, com uma dinâmica até então pouco explorada pela banda.

Já Nebula Haze é a mais longa faixa instrumental na história do Gods & Punks, com uma verve stoner psicodélica, com intervalos progressivos e solo de bateria de Gabriel Santiago. O prog toma conta de Ejection e ainda tem All Systems Fail, outra instrumental, um heavy psych que transborda emoção.

LEIA MAIS  Caos Lúdico lança vídeo collab de clássico do ska com Clemente, do Inocentes e Plebe Rude

Neste lançamento, o Gods & Punks mostra mais um amadurecimento musical e cria uma peça única de space rock, em quem a dinâmica do stoner está sempre alinhada a nuances espaciais e vocalizações com um clima futurístico.
Ficha técnica e concepções artísticas

The Sounds of the Universe foi gravado no Estúdio Mata, em Niterói (RJ), mixado e masterizado por Kleber Mariano e André Leal no Estúdio Jukebox. Todas as letras são do vocalista Alexandre Canhetti.

A arte do álbum é uma co-criação entre Cristiano Suarez e Bruno Kros. O processo visual segue o conceito de músicas regravadas e inéditas, assim, dando novo significado à arte original feita por Cristiano Suarez para o EP de 2016.

Para isso, Bruno Kros elevou ao máximo os níveis de psicodelia, inspirados em capas de bandas como Monster Magnet, Black Sabbath e Uncle Acid and the Deadbeats.

Gods & Punks em The Sounds of the Universe é:

Alexandre Canhetti (vocal)
Pedro Canhetti (guitarra solo)
Rafael “Psy” Daltro (guitarra base)
Danilo Oliveira (baixo)
Gabriel Santiago (bateria)

Participações:
Adrien Noren (teclados)
Mariam (backing vocals em Universe)

FONTE: Tedesco Mídia

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários