Dramón faz releituras de Àspero na Sessões Fauhaus

As experimentações intimistas e enigmáticas entre som ambient, guitarras e loops de Àspero, o primeiro full que o Dramón lançou em março deste ano (Sinewave), ganharam releituras apenas com o instrumento elétrico de seis cordas em uma visual live session gravada em um rooftop de São Paulo.

A session, com duração de 30 minutos, contempla cinco músicas do disco Àspero. São elas ‘Pelas Paredes da Memória’, ‘Inflexível’, ‘Insônia’, ‘Àspero’ e ‘Descompasso’, todas as faixas tocadas sem programações, loops ou computadores, apenas Renan Vasconcelos (músico e produtor que faz tudo no Dramón) e sua guitarra.

A live foi gravada num fim de tarde de junho na capital paulista, entre o entardecer e o anoitecer. As cores que desabrocham no céu da grande metrópole se unem às intimistas e minimalistas atmosferas do Dramón, resultando em um material único em questões estéticas e sonoras.

LEIA MAIS  Fud’s Gang lança nova música sobre isolamento, "Viva Outra Vez"

Músico, produtor e design gráfico, Renan Vasconcelos é natural do Rio de Janeiro e atualmente reside em São Paulo capital. Em 2018 tocou na banda de post-rock Avec Silenzi, que lançou cinco álbuns.

No Dramón, Renan traz a base das experimentações da antiga banda e potencializa as composições com uso minimalista de guitarras, drum machine e synths. Antes de Àspero , o Dramón lançou quatro EPs (Bétula // Membrana, de 2021; Oscilar, de 2020; Equilíbrio Utopia, de 2019, e Ansiedade Morte, de 2018) e o single Afã (2020).

Direção: Anne Santoro
Câmeras: Sue-Elie Andrade-Dé e Camila Sánchez
Edição e finalização: Anne Santoro
Captação, Mixagem e masterização: Eduardo Magliano
Produção e realização Fauhaus e Fausta filmes

FONTE: Tedesco Mídia

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários