DNSM convida Arte Kerosene e Dieguito Reis (Vivendo do Ócio) nas duas últimas lives

A banda paulistana DNSM, que mistura rock com música eletrônica, se prepara para os dois últimos shows do projeto ‘DNSM Convida’, iniciado em fevereiro deste ano e que já contou quatro episódios.

A próxima live acontece neste sábado (27) com a banda Arte Kerosene e a última será com Dieguito Reis (cantor e compositor, também baterista da Vivendo do Ócio), no dia 10 de abril.

Todas as apresentações são transmitidas gratuitamente pelo YouTube e Facebook da banda.

Para acompanhar e ficar por dentro do projeto, basta acessar as redes da banda:

A vocalista Deborah Facco comenta sobre a evolução da DNSM ao longo do projeto, viabilizado com apoio do ProAc e da Lei Aldir Blanc. “Sentimos que a cada live aprendemos com a experiência e usamos nossos erros e acertos para a próxima. Isso reflete também no material final que vem arrancando cada vez mais elogios dos expectadores”.

Durante três meses, a DNSM está imersa no projeto, um processo árduo para sincronizar agenda com os convidados, compor novos arranjos para as lives, aprender em um curto tempo as músicas das outras bandas, além, claro, de mais ensaios e as apresentações. “Estamos 100% focados para dar o nosso melhor”, destaca Deborah.

Agregar é a palavra de ordem do ‘DNSM Convida’. Em meio à crise da covid-19, a banda afirma que é necessário dividir o espaço público e o mundo digital/online com outros artistas, que foram duramente afetados pela pandemia. O projeto já convidou Teorias do Amor Moderno, Fogo Corredor (assista aqui), Gustavo da Lua e Sancô (assista aqui).

LEIA MAIS  B.O.D.E. novo nome do underground curitibano lança primeiro álbum

Todo o material gerado desa dinâmica, que consiste em quatro músicas mixadas e masterizadas para plataformas digitais, além de quatro videoclipes que registram o encontro das bandas, como aponta Deborah, será conteúdo de divulgação por muito tempo.

“Além do espólio material, o projeto ainda contribui para experiência da banda para lidar com uma música mais analógica, com novos elementos, instrumentos, experiência de palco, de composição, de transmissão online, de jogo de cintura etc.”, ela complementa.

Formada em 2018 na cidade de São Paulo, DNSM tem como influências Depeche Mode, Secos e Molhados, Mutantes e Chemical Brothers, com atmosfera sonora singular, belas melodias e sintetizadores.

O primeiro registro é o EP de 2019, Devaneios de uma mente ordenada, de quatro músicas, além dos singles ‘O Sistema’ e ‘Soma’. A DNSM também tem um ao vivo gravado no Showlivre.

FONTE: Tedesco Comunicação e Mídia

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários