Dave Grohl achou que era “implausível” que o “Nevermind” alcançaria enorme sucesso

Como sabemos agora, Nevermind do Nirvana mudou a face da música em 1991, mas Dave Grohl diz que nunca imaginou o tipo de sucesso que eles alcançariam, mesmo que amigos elogiassem o álbum antes de seu lançamento.

Em entrevista à revista Uncut, Grohl se lembra de vários amigos dizendo que eles seriam grandes. “’Nós iríamos, o quê? Do que você está falando?’”, o baterista continuou. “Donita [Sparks] de L7 veio e disse que íamos ser enormes. Meu velho amigo Barrett Jones, com quem cresci na Virgínia, que era músico e produtor, ouviu ‘Lithium’ e disse que seríamos enormes. Ele achava que ‘Lithium’ deveria ser o primeiro single”.

“Todo mundo tinha essas opiniões elevadas e eu pensei: ‘Bem, é legal da sua parte dizer isso, mas não há nenhuma maneira de isso acontecer’”, acrescenta Grohl.

Foi fácil ver por que Grohl teria suas dúvidas quando acrescentou: “Você também tem que lembrar o que era popular [na música] na época. Era Wilson Phillips, era Mariah Carey e a porra do Bon Jovi. Não eram bandas como nós. Portanto, parecia totalmente implausível que algum dia chegaríamos perto desse tipo de sucesso”.

LEIA MAIS  Behemoth anuncia novo álbum de estúdio “Opvs Contra Natvram”

Dito isso, Grohl disse que sabia que a banda tinha um ótimo disco em suas mãos. “Tudo parecia ótimo: o som da bateria no [estúdio de gravação] Sound City, a produção de Butch Vig. A banda era unida e as músicas de Kurt eram ótimas”, lembra o baterista”. Nós fazíamos uma ou duas tomadas e talvez um overdub aqui e ali, Kurt entrava e fazia o vocal e era cristalino e poderoso pra caralho, melódico e bonito do qual você se orgulha – e nós definitivamente estávamos orgulhosos disso”.

Nevermind foi o segundo lançamento do Nirvana. Após um lançamento em setembro de 1991, impulsionado pelo sucesso do rádio e da MTV hit “Smells Like Teen Spirit”, o álbum finalmente atingiu o primeiro lugar em janeiro de 1992. O álbum renderia quatro singles com “Come As You Are”, “Lithium” e “In Bloom” a seguir. O álbum agora é certificado como diamante nos EUA, com mais de 10 milhões de álbuns vendidos.

FONTE: https://loudwire.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários