Corpsegrinder, do Cannibal Corpse afirma que “ninguém bate cabeça melhor do que eu”

Existe um headbanger maior no planeta que George “Corpsegrinder” Fisher do Cannibal Corpse? Ele acha que não, mas está sempre à altura do desafio.

Ao falar com a Metal Hammer, Corpsegrinder se proclamou o maior headbanger do mundo, acrescentando: “Eu tento ser humilde, mas você tem que ser o melhor em alguma coisa”.

Elaborando suas habilidades de bater cabeça e aqueles que tentam batalhar com ele, o vocalista continuou: “Eu disse no palco, ‘tente me acompanhar. Você vai falhar’. Eu vi algumas crianças se controlarem. Há alguns na primeira fila [dizendo], ‘Eu posso vencer você!’. É um jogo divertido e, eu não diria que eles são melhores do que eu, mas existem headbangers competentes por aí. Bater cabeça no início de ‘I Cum Blood’ é minha marca registrada, então há algumas crianças ótimas por aí, mas eu nunca diria que alguém me vence”.

Mas antes de enviar a Corpsegrinder a caneca de café “o maior headbanger do mundo”, alguns de seus colegas opinaram sobre essa afirmação. Mark Hunter, do Chimaira, pareceu admitir a vitória, comentando: “Não acho que alguém esteja discutindo”, enquanto o vocalista do Shadows Fall, Brian Fair, não foi tão fácil de dar a vitória, acrescentando “desafio aceito” no Twitter.

LEIA MAIS  B.O.D.E. novo nome do underground curitibano lança primeiro álbum

Se alguém superou as habilidades de bater cabeça de Corpsegrinder, ele tem outra habilidade que desenvolveu ao longo dos anos. Foi recentemente revelado que o cantor é um gênio em pegar animais de pelúcia daquelas máquinas com uma garra. Uma olhada em seu Instagram mostra algumas de suas vitórias anteriores.

Segundo o vocalista, ele gosta do desafio. “Estou olhando o que está lá, e então estou olhando como está lá dentro. Há algo em cima disso? Eu tenho que mover isso? Assim que eu ver como a garra reage, eu saberei se vou ganhar. Se as mãos reais da garra estiverem realmente soltas, ou talvez a máquina tenha sido muito usada, às vezes as coisas simplesmente escorregam”, disse ele sobre a experiência. Então, o que acontece com seus ganhos? “Eu só gosto de brincar de garra. Economizo moedas e, quando eu ganhar, vamos doá-las para as crianças no Natal ou seja o que for”, diz o cantor.

FONTE: https://loudwire.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários