Corona Nimbus lança “Flying Lamp” e inova ao unir o heavy metal a ritmos do nordeste

Corona Nimbus, a intercessão de forças distintas dos músicos Júlio Baros e Junior Vieira, acaba de lançar a faixa “Flying Lamp” via selo Electric Funeral Records. O single instrumental une o heavy metal a ritmos do nordeste com participação da mirabolante banda de pífanos Caju Pinga Fogo.

A faixa, gravada durante uma performance ao vivo em áudio e vídeo no programa #202Sessions do Studio 202, conta com guitarras distorcidas, zabumba, pratos, caixa, apito, triângulo, caracaxá, samples de efeitos sonoros e um duo de pífanos que conduzem os quase sete minutos de música dignos de trilha sonora de qualquer longa com uma mega produção. “Flying Lamp” narra a trajetória de um personagem conquistador, que trava batalhas árduas e vive um dia após o outro, com altos em êxtase, baixos miseráveis, longos trechos de monotonia e desvios inesperados na estrada. Para melhor ou pior, ele segue seu destino!

A arte da capa é cortesia do ilustrador Lucas Di Matos e traz a imagem de Virgulino Ferreira da Silva o Lampião envolto a outros elementos da cultura nordestina dando face à música.

Formada em setembro de 2019 a banda Corona Nimbus, traz no som o peso ardente dos flancos áridos da região nordeste e as entorpecentes ondas sonoras que lavam nossos corpos ano após ano. O duo trabalha a dualidade que reflete intimamente as personalidades de Júnior e Júlio, compondo o que podemos chamar de os dois lados de uma mesma moeda.

LEIA MAIS  Hranice Abyss lança videoclipe do single “Pathfinder”

A mirabolante Banda de Pífanos Caju Pinga Fogo surgiu em 2016 do encontro entre amigos que têm em comum o encantamento pela cultura nordestina. Formada por Marcus Sousa, o Maguim do Pife (pífano), Leo Mesquita (pífano), Tauana Queiroz (zabumba e percussão), Javé Montuchô (caixa e percussão) e Rafaela Gomes (percussão e dança). O projeto tem como principal influência os grupos tradicionais de Pífano do Nordeste, como a Banda de Pífanos de Caruaru (PE), Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto (CE), Zabé da Loca (PB), entre outros. O intuito é enaltecer e celebrar a diversa cultura musical nordestina, botando o povo pra festejar e dançar.

FONTE: Collapse Agency

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários