Confira o Projeto Madalena: Duas bandas. Dois clipes. Uma Madalena

Duas bandas independentes se desafiaram a produzir dois clipes diferentes, com a mesma atriz, a mesma equipe, em plano sequência.

Assim nasceu o Projeto Madalena, que une as músicas “Madalena” (2017), da Parafuso Silvestre, e “O Mar de Madalena” (2021), novo single do UmQuarto.

O lançamento é uma homenagem à Parafuso Silvestre e estará presente no álbum de estreia do UmQuarto, que será lançado em setembro.

“Me senti motivado em escrever uma canção sobre eles. Depois de assistir um show ao vivo deles, e ver a energia que emanava do palco, o público cantando as letras, pensei em ter meu próprio som. À medida que fui construindo minha carreira e tocando em Floripa, me tornei amigo da Parafuso Silvestre. A canção saiu naturalmente. Usei a canção ‘Madalena’ deles como referência e fiz a minha visão sobre essa personagem.”, relembra Mayer Soares, baixo, voz e sintetizadores do UmQuarto.

Quando o disco de estreia do UmQuarto foi gravado, no fim de 2020, em uma casa isolada na Costa da Lagoa (SC), a canção surgiu como que feita para tornar-se single e clipe. Foi durante uma conversa com os membros da Parafuso Silvestre que surgiu a ideia de lançar dois clipes sobre a personagem Madalena.

“Unimos forças para gravar dois clipes, com a mesma atriz, a fim de fazer com que os dois clipes sejam complementares. Cada clipe vive por si só, mas eles colaboram um com o outro. Acreditamos ser uma ação única, de duas bandas com dois clipes que se complementam, e falam da mesma personagem. Ter uma só equipe e uma atriz para os dois clipes, foi importante por causa da segurança dos participantes. Todos os cuidados foram tomados, e felizmente tudo correu bem e em segurança.”, destaca Mayer.

Os dois clipes se completam: mesma locação, mesma atriz, mesma equipe, um feito inédito no país. A canção “O Mar de Madalena”, com forte influência do rock progressivo, antecipa um pouco do clima do disco de estreia do UmQuarto e se difere do single “Acordar”, que tinha uma pegada mais indie e pop.

Com influências musicais que vão desde os clássicos, como Beatles e Mutantes, até bandas mais modernas, como Tame Impala e Boogarins, o UmQuarto faz um rock moderno com liberdade. A cada canção misturas rítmicas diferenciadas aparecem, tornando explícita a vontade de criar. O guitarrista Thiago Mordentte define: “Tocar guitarra é poder transformar meus sentimentos em notas musicais. Artistas como Boogarins, Nomade Orquestra, Mahmed são uma influência para eu transformar isso”.

LEIA MAIS  Peixe Frito transforma caos brasileiro em punk hardcore bem-humorado em disco de estreia

A capa do single “O Mar de Madalena” é uma criação de Julio Victor/Laser Demon (guitarrista e baixista da Parafuso Silvestre). O UmQuarto é formado por Mayer Soares (baixo e voz), Thiago Mordentte (guitarra) e Henrique Recidive (bateria). A canção contou com participações dos músicos Chico Badalotti (guitarra), Léo Costa (piano e órgão) e Lucas de Sá (berimbau de boca). A produção da música foi realizada por Felippe Pompeo, com gravação e mixagem por Lab de Sá, enquanto a masterização é de Alécio Costa.

O clipe “O Mar de Madalena”, do UmQuarto, contou com Raquel Stüpp (atriz), Mayer Soares (roteiro, direção de cena, animação, direção de arte e produção executiva), Fernanda Duarte (direção de fotografia, operação de câmera, edição, colorização) e Andrês Diego Gobbi Stähelin (assistente de câmera). E ainda, Manu d’Eça (fotografia still e making of), Luanda Wilk (produção executiva) e Lara Koer (assistente de produção). O maquinário ficou por conta de Juarez Mendonça e Gabriel Campos. A gravação contou com apoio de Vanilla Atelier de Arte e Rock na Lavanderia.

A Parafuso Silvestre é formada pelos músicos Taro Löcherbach (voz e guitarra), Juarez Mendonça Júnior (bateria, synths e samples), Julio Victor (guitarra e baixo) e Bruno Arceno (guitarra e baixo). O clipe “Madalena”, da Parafuso Silvestre, contou com Raquel Stüpp (atriz), Lara Koer (roteiro, edição, direção de cena, colorização), Fernanda Duarte (direção de fotografia e operação de câmera) e Andrês Diego Gobbi Stähelin (assistente de câmera). E ainda, Manu d’Eça (fotografia still e making of), Luanda Wilk (edição de vídeo, produção executiva e direção de arte) e Vic Correa (assistente de produção). O maquinário ficou por conta de Bruno Arceno, Julio Victor, Juarez Mendonça e Taro Löcherbach. A gravação contou com apoio de Vanilla Atelier de Arte e Rock na Lavanderia.

Acompanhe o UmQuarto:

Site:  www.umquarto.mus.br
Instagram: https://www.instagram.com/umquarto.oficial/
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCHJ60TnOjsxDo4yhM6DIKFw

Acompanhe a Parafuso Silvestre:

Financiamento coletivo: https://benfeitoria.com/parafusosilvestre
YouTube: https://www.youtube.com/ParafusoSilvestre
Instagram: https://www.instagram.com/parafusosilvestre/
Bandcamp: https://parafusosilvestre.bandcamp.com/

FONTE: Orbe Comunicação

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários