Chaosfear quebrando regras e paradigmas em novo EP!

Desde o retorno de suas atividades em 2018, os paulistanos do CHAOSFEAR lançaram vários singles, EPs e principalmente “Be The Light In Dark Days”, álbum que mostrou claramente uma evolução significativa de sua sonoridade Thrash Metal de antigamente para algo mais denso, melancólico e moderno, trazendo camadas mais técnicas, sombrias e cadenciadas as composições, mesmo com os dois pés fincados no mais puro peso do estilo.

Agora, seguindo a premissa de não se manter presos a nenhuma zona de conforto e quebrando todas as regras, padrões e paradigmas dentro da sonoridade da banda, Fernando Boccomino (vocal/guitarra), Eduardo Boccomino (guitarra), Marco Nunes (baixo) e Fábio Moysés (bateria) retornarão com material inédito no mais novo EP conceitual carregado de emoções intitulado “Aeternum”!

“Aeternum”, com lançamento confirmado para dia 2 de novembro, feriado de Dia de Finados, será um salto gigante na carreira crescente de mais de 20 anos do CHAOSFEAR, trazendo um conteúdo lírico conceitual baseado no luto, dor e angústia que todos passaram no último ano, principalmente os irmãos Boccomino que perderam entes muito próximos e queridos, incorporando sonoridades sinfônicas, densas e ainda mais melancólicas nunca antes ouvidas num trabalho da banda, como por exemplo violões, teclados e cellos.

“Somos uma banda que não tem medo de arriscar! Nossa arte é alimentada através de novos desafios e esse novo trabalho é mais um recomeço para a banda”, comentou Fernando Boccomino. Gravado no Tori Studios, em São Paulo, “Aeternum” foi produzido, mixado e masterizado pelo baixista e produtor da banda, Marco Nunes, coproduzido pelos quatro músicos e com arte de capa a cargo de Jean Santiago (Santart). “Em meio ao processo de composição nossa mãe veio a falecer. Chegamos a pensar em dar um tempo nas gravações, mas achamos que a melhor saída seria continuar trabalhando e dedicar a ela todo o conteúdo lírico do EP”, finalizou.

LEIA MAIS  Visceral e fantástico: ouça o novo single da Parafuso Silvestre

“Nunca um lançamento do Chaosfear retratou tão bem um período de tempo determinado, com perdas e lutos, mas também de perseverança e esperança”, comentou Marco Nunes. “Musicalmente, levamos os arranjos a um novo patamar, adicionando partes com piano, violão, cello, que já haviam aparecido de maneira mais modesta em nosso álbum anterior.

Na produção, eu quis dar uma roupagem bem épica e rebuscada, algo como Roy Thomas Baker fez em “A Night At The Opera”, do Queen, e Terry Brown em “Parallels”, do Fates Warning”, trazendo muitas camadas e coisas acontecendo para que o ouvinte possa descobrir detalhes a cada nova audição numa espécie de viagem sonora”, finalizou.

Formação:

Fernando Boccomino – Vocal/Guitarra
Eduardo Boccomino – Guitarra Solo
Marco Nunes – Baixo/Teclados/Backing Vocals
Fábio Moysés – Bateria/Backing Vocals

Ouça Chaosfear em:

Spotify: https://open.spotify.com/artist/3V3WFlj68xP2Zf1TqYI7dB
Deezer: www.deezer.com/br/artist/116022
iTunes: https://itunes.apple.com/us/artist/chaosfear/252364461
Amazon: https://music.amazon.com.br/artists/B0015LQGWY/chaosfear
YouTube Music: www.youtube.com/channel/UCthmXb5V26lGbghhoVltsDA
YouTube: www.youtube.com/channel/UC9o3bESzAsVdQLzjpgT_lZQ

Mídias Sociais:

Facebook: www.facebook.com/chaosfearofficial
Instagram: www.instagram.com/chaosfearofficial
LinkTree: https://linktr.ee/chaosfear

FONTE: JZ Press

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários