Carranza lança compilação de músicas inéditas gravadas ao longo dos 21 anos de banda

O Carranza acaba de lançar o disco “Sendra Exordial”, que contém músicas que fizeram parte de demos e EPs lançados entre 1999 e 2003 (Liberdade, Ultraseven Nordestino e Corpo Fechado), e que nunca haviam sido lançadas em plataformas digitais e aplicativos de música.

As faixas demonstram a essência da primeira fase da banda no início de seu fervor criativo e contestador.

A banda formada por Claudio Bastos e Harrysson Moura nos vocais; Rafael Mariano na guitarra, Chico Tchê no baixo; e Willson Durand na bateria e efeitos, teve a ideia de lançar o compilado que contém músicas que foram regravadas após a volta em 2015 como “Samba do Caos”, mas trazendo também músicas do início do grupo, tais como, “Sem Paz” e “Pânico”, faixas carregadas de críticas sociais e reflexões humanas que já fervilhavam na cabeça do letrista Claudio Bastos lá no início do século.

LEIA MAIS  Iron Maiden não consegue entrar no Hall da Fama do Rock and Roll

Além destas também fazem parte da coletânea “Sina” e “Engrenado” que mostram os primeiros flertes da banda com outros ritmos mais regionais, “Tradição” que traz em seus versos um tratado sobre o respeito entre os povos do mundo e “Contramão”, que era a alegria das rodas de pogo em Pernambuco no início dos anos 2000.

FONTE: @collapseagency

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários