Bob Dylan vende todas as músicas que já escreveu por 250 milhões de libras

Um dos catálogos de canções mais influentes na história da música mudou de mãos, com Bob Dylan vendendo seus direitos de publicação para a Universal Music Publishing Group.

O New York Times estima que o negócio, feito diretamente com Dylan, poderia ter custado à UMPG mais de US$ 300 milhões (£225 milhões).

Embora Dylan tenha assinado um contrato de publicação no início de sua carreira, em 1962, ele posteriormente recuperou com sucesso a propriedade dos direitos das canções em seu álbum de estreia de 1962, que se autointitulou.

E embora ele seja conhecido por ter fechado mais negócios em vários pontos de sua carreira, o cantor / compositor nascido em Minnesota manteve o controle dos dois componentes principais da publicação: suas letras e melodias. O novo acordo, que cobre todas as canções de Dylan, desde a aclamada estreia até Rough And Rowdy Ways deste ano, mais de 600 no total, pode ser a maior aquisição dos direitos de publicação de um único ato.

LEIA MAIS  Rob Zombie diz como e por que se tornou vegano

“Não é nenhum segredo que a arte de compor é a chave fundamental para toda boa música, nem é um segredo que Bob é um dos maiores praticantes dessa arte”, disse o CEO do Universal Music Group, Lucian Grainge, em um comunicado.

O CEO da UMPG, Jody Gerson, acrescentou: “Representar o corpo da obra de um dos maiores compositores de todos os tempos – cuja importância cultural não pode ser exagerada – é tanto um privilégio quanto uma responsabilidade”.

FONTE: https://www.loudersound.com/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários