Notas mal rabiscadas de Donald Trump se transformaram em canção do Ramones

21 de Novembro de 2019

A audiência de impeachment em andamento nos EUA deu uma guinada inesperada ontem, quando o presidente dos EUA, Donald Trump, acidentalmente criou uma letra de Ramones.

O incidente ocorreu após um dia de drama em que o embaixador dos EUA na UE, Gordon Sondland, apareceu diante do Comitê Intel do Senado. Após o testemunho de Sondland, Donald Trump realizou sua habitual conferência de imprensa ad-hoc no gramado da Casa Branca, gritando para ser ouvido acima do zunido das pás dos helicópteros.

“EU NÃO QUERO NADA. EU NÃO QUERO NADA. EU NÃO QUERO QUID PRO QUO” (NT: “tomar uma coisa por outra”), berrou. “Diga a Zellinsky para fazer a coisa certa. ESTA É A PALAVRA FINAL DO PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS”.

O que chamou a imaginação da Twittersphere não foi tanto o conteúdo do oratório em expansão de Trump, mas o fato de ele parecer estar lendo um conjunto de anotações mal rabiscadas. E que sua entrega foi agradavelmente musical. Tanto que, na verdade, o usuário do Twitter Alex Kliment transformou o discurso em uma música dos Ramones. Veja o vídeo:

FONTE: https://www.loudersound.com/

DEIXE SEU COMENTÁRIO:
LEIA MAIS  Nova tecnologia emite sons para sua cabeça que os outros não ouvem