Alice Cooper sobre aposentadoria: ‘Essa palavra não existe no meu vocabulário’

Em uma nova entrevista com Heather Brown da estação de rádio KZZK, o lendário roqueiro Alice Cooper foi perguntado se a pandemia de coronavírus o fez pensar mais seriamente em se aposentar em um futuro não muito distante.

Ele respondeu: “Nem um pouco. Essa palavra não existe no meu vocabulário. Há muito, muito tempo atrás, eu disse que se eu viesse à sua cidade e fizesse um show e ninguém aparecesse, bem, então eu sei que acabou. Isso não aconteceu. Aos 72 anos, eu não esperava estar em duas bandas em turnê. E os [HOLLYWOOD] VAMPIRES são exatamente como a minha banda – todos nessa banda são melhores amigos. Temos Johnny Depp, Joe Perry e eu – três machos alfa – e estamos juntos há seis anos e nunca ouvi um argumento. Todo mundo diz: ‘Ok. Boa ideia. Vamos tentar isso'”.

No mês passado, Alice lançou um novo single, “Don’t Give Up”. Produzida por Bob Ezrin, colaborador de longa data de Cooper, usando tecnologia remota, a música é uma reação espontânea aos desafios que todos nós enfrentamos agora. Um disco estritamente limitado de vinil de sete polegadas, “Don’t Give Up”, será lançado em 14 de agosto no earMUSIC.

LEIA MAIS  Dream Theater anuncia novo álbum A View From The Top of The World

Cooper concluiu recentemente o trabalho em seu novo álbum, “Detroit Stories”. O LP, mais uma vez produzido por Ezrin, traz contribuições de talentos de Michigan como Wayne Kramer, do MC5, Mark Farner, do GRAND FUNK RAILROAD, e Johnny “Bee” Badanjek, do MITCH RYDER & THE DETROIT WHEELS. Eles também usaram os cantores de Detroit e Horns.

Em setembro passado, Cooper lançou um EP de seis faixas chamado “Breadcrumbs”, descrito como uma homenagem aos heróis do garage rock de sua cidade natal, Detroit.

FONTE: https://www.blabbermouth.net/

guest
0 Comentários
Sugestões
Veja todos os comentários